Análise: Faltou paciência e muito mais para o Santos bater o sólido RB

Arthur Faria
LANCE!
Santos empatou com o RB Bragantino, em 0 a 0 (Foto: DIVULGAÇÃO / BRAGANTINO)
Santos empatou com o RB Bragantino, em 0 a 0 (Foto: DIVULGAÇÃO / BRAGANTINO)


O Santos tropeçou em seu primeiro jogo no ano. Na Vila Belmiro, o Peixe empatou com o RB Bragantino, em 0 a 0, nesta quinta-feira, na estreia do Campeonato Paulista.

Quem estava acostumado a ver um time que tinha a posse de bola, o controle do jogo e a tranquilidade para criar chances, assistiu um Santos impaciente e sem criatividade.

O Santos também teve muita dificuldade em sua saída de bola. Alison errou passes e Pituca não conseguia ter a bola em seu controle. Na defesa, Luiz Felipe e Luan Peres faziam partida segura no primeiro tempo, mas no segundo

O adversário também não deu vida fácil. Sasha, que constantemente se movimentava no esquema de Jorge Sampaoli, ficou preso na parte central do ataque. Além disso, o RB Bragantino confiava nas arrancadas de Artur. Uma delas, o ex-Palmeiras deixou Matheus Peixoto na frente de Everson, mas a bola foi no travessão.






Um lance que prova tudo isso citado durante o texto se deu aos 35 minutos do segundo tempo, quando o atacante Arthur Gomes teve de correr sozinho e enfrentar três defensores até perder a bola na entrada da área.

Marinho foi o jogador mais esforçado pelo Santos durante a partida. Ele disputava as bolas, voltava para marcar e ainda para tentar construir as jogadas. Pará também foi outro que conseguiu manter uma solidez na defesa e quase foi recompensado com um gol na segunda etapa.

É apenas o início da temporada e o Santos precisa melhorar, algo normal. Diferente do ano passado, o Peixe está 'tímido' no mercado e se reapresentou no CT Rei Pelé somente no último dia 10.

O próximo desafio do Santos será contra o Guarani, na próxima segunda-feira, às 20h, em Campinas. Mesmo com o empate, o Peixe é o líder do Grupo A, com um ponto.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também