ANÁLISE: estreia de garotos da base é a única boa notícia do Vasco 'alternativo'

Caso o clássico seja realizado segunda-feira, o Vasco jogará com um time alternativo (Reprodução/Twitter)


O empate em 0 a 0 com o Madureira marcou a estreia no time profissional do Vasco de oito jogadores oriundos da base. Entre os titulares, Rodrigo, que atuou como lateral-direito, mas é volante de origem, o zagueiro Pimentel e o atacante Paixão. Os atletas mostraram personalidade e tiveram atuação segura.

+ Confira as movimentações do Vasco no Mercado da Bola

No segundo tempo entraram o zagueiro Lyncon, de apenas 17 anos, o volante Lucas Eduardo, o lateral-esquerdo Julião, o meia Marlon Santos e o atacante Juan. Os dois últimos atuaram por poucos minutos e não tiveram tempo para se destacar. Já Lyncon teve tempo de realizar a jogada mais bonita do jogo, ao arrancar do campo de defesa, driblar três adversários, invadir a área e parar no goleiro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A participação desses jogadores foi a boa notícia do time que entrou em campo. O restante da equipe foi formado com atletas que estavam sem espaço no elenco. São os casos do lateral-esquerdo Paulo Victor, os volantes Matheus Barbosa, Galarza e Juninho, e os atacantes Erick e Zé Santos.

Mesmo contra um limitadíssimo Madureira, esses jogadores não conseguiram ter uma atuação de destaque. Paulo Victor, Juninho e Erick foram burocráticos, enquanto Zé Santos desperdiçou chances claras de gol. Matheus Barbosa e Galarza tiveram lampejos, mas que não foram suficientes para mudar a avaliação da comissão técnica. O diretor técnico Abel Braga assistiu a partida de São Januário.

Dificilmente eles ficarão no Vasco até o final da temporada. Matheus Barbosa está na mira do Guarani. Galarza também recebeu sondagens de clubes da Série B, além de consultas de times que estão na Série A. Paulo Victor está emprestado pelo Internacional até julho e não terá o contrato renovado.

Juninho é o único que já tem o futuro definido. O jogador será emprestado ao Orlando City, dos Estados Unidos, e integrará a princípio o time B. A viagem está marcada para o início de fevereiro. Juninho inclusive pediu para jogar essas rodadas iniciais do Carioca para chegar ao novo clube com ritmo de jogo.

O time que enfrentou o Madureira terá ainda mais dois jogos. Audax Rio, quinta-feira, e Botafogo, dia 23. O elenco principal do Vasco está na Flórida, nos Estados Unidos, para disputar dois amistosos. O primeiro será nesta terça-feira, contra o River Plate. Depois enfrenta o Inter Miami, dia 21.