Análise: Atlético-MG sofre virada e liga sinal de alerta quanto à dependência de Hulk

·2 min de leitura

O Atlético-MG perdeu para o Atlético-GO em uma partida que merece uma observação, antes de expor o que ela foi em termos de disputa. É justificável toda reclamação que o Galo tiver em relação ao pênalti não marcado ainda no começo do primeiro tempo. Nacho cruzou e Baralhas desviou a bola dentro da área com o braço, que não estava junta ao corpo no momento do choque. Raphael Claus foi ao VAR e mesmo assim ignorou o lance.

Um pênalti tão cedo, sendo convertido em gol, mudaria a história da partida. Deixaria o Atlético-MG mais confortável para recuar as linhas e sair mais vezes no contra-ataque. Não foi o que aconteceu.

Dito isso, aos fatos. O Galo mostrou dependência em relação a Hulk no setor ofensivo. O atacante contou com pouco auxílio nas jogadas, viu companheiros de equipe errarem nas escolhas e nos fundamentos. Com tantos bons nomes ao redor, Hulk não pode ficar sobrecarregado como ficou.

Ainda assim, o resultado negativo para os mineiros não aconteceu apenas pelo erro do VAR e pelas dificuldades ofensivas. O Atlético-GO fez uma grande partida, não apenas para conter o ataque do líder do Brasileiro, mas também na transição rápida para o contra-ataque, com muita velocidade e organização. Já no primeiro tempo, fez Everson trabalhar. No segundo, o goleiro não conseguiu evitar os gols do Dragão.

O resultado não deve ser tratado como tragédia. A gordura ainda existe e as condições da partida - o pênalti não marcado e o adversário sempre duro, especialmente quando joga em casa - devem ser levadas em consideração. Mas é importante o Atlético-MG refletir sobre novas maneiras para furar as defesas adversárias. Nas últimas duas partidas, foram dois gols de pênalti e um em cobrança de escanteio. A qualidade das peças no elenco permitem uma variedade maior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos