Análise: apesar do placar 'elástico' Golden Lions fez um bom jogo diante do Galo FA na Liga MGFL Hinova

·3 min de leitura


Com a vitória do Galo FA em cima do Golden Lions por 79 a 0 válida pela semifinal da MGFL Hinova, vários atletas se sobressaíram na disputa que ocorreu neste sábado, 6 de novembro, em Pará de Minas no interior de Minas Gerais. Pelo placar, podemos pensar que somente jogadores da equipe alvinegra tiveram destaque e apesar de serem a maioria, não é uma verdade concreta. Apesar do placar, a equipe dos Lions demonstrou muita vontade e contou com apoio da torcida que não se calou do início ao fim.

Começando pela equipe alvinegra, o primeiro destaque vai para o DB Oshay Dunmore que retornou só na primeira parte da partida, dois punts para touchdown e fora o restante da atuação do atleta que veio dos Estados Unidos para atuar no futebol americano brasileiro. Com muita calma, habilidade e força física, o defensor fez boas atuações ofensivas e foi decisivo para a equipe alvinegra sair na frente anotando os primeiros pontos da partida logo no começo. Com isto, o time do Galo FA ganhou confiança e seguiu a pontuar. O atleta ainda pontuou:

- A sensação (de jogar no Galo FA) é muito boa, voltar a jogar esse esporte depois de 2 anos parado. Eu consegui falar para todo mundo do quanto estou cheio de alegria, cheio de felicidade por chegar e ter essa oportunidade de jogar de novo- disse Oshay Dunmore, que foi eleito o MVP da semifinal 1.

Do lado dos Lions, ficou visto com bons olhos a atuação do QB Bernardo Morais que apesar de não conseguir conectar bons passes, seguiu firme no pocket buscando criar jogadas e tentou fazer alguns scrumbles – quando o QB corre com a bola – buscando alternativas de passe ou ganhar jardas com as próprias pernas. Apesar de não ter conseguido muitos avanços, demonstrou uma rápida leitura da defesa adversária e buscou solucionar os problemas criados pela defesa alvinegra.

Outra boa atuação pela equipe do Galo FA foi do WR Victor Villaça que anotou bons touchdowns recebendo passes do seu QB Yair Marquez. O atleta foi responsável por dar muito trabalho a defesa secundária dos Lions que não conseguiu defender o jogo aéreo quando o alvo era Villaça. Aproveitando de toda sua velocidade e envergadura, o recebedor esticou o campo e anotou seus touchdowns, sendo o segundo uma recepção para mais de 25 jardas onde ele venceu o safety adversário na corrida e fez a recepção próximo a endzone.

Com está vitória, o Galo FA vai à final e se prepara para enfrentar o vencer de Cruzeiro FA e Nova Serrana Forgeds, duas equipes muito fortes que se enfrentam neste domingo, dia 7 de novembro, às 14h, na Toca da Raposa 1, em busca do conseguir a outra vaga na final da competição. Os Golden Lions saem de cabeça erguida, buscando reparar os erros e lapidar ainda mais suas joias que estão começando a trajetória no esporte e terão mais uma oportunidade ainda nesta temporada, na disputa do terceiro lugar contra o perdedor da outra semifinal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos