Análise: Apesar de mais uma derrota, Vasco tem boas surpresas na base

O Globo
·1 minuto de leitura

Os resultados não estão aparecendo do jeito que se esperava, mas o Vasco tem algumas coisas boas nesse início de Carioca. Lógico que a segunda derrota na Taça Guanabara pode embaçar o olhar aos jovens da base. Mas é preciso prestar atenção neles. A derrota para o Volta Redonda, por 1 a 0, veio com um gol no fim, numa desatenção da zaga. O time poderia ter feito pelo menos dois gols não fosse o goleiro Andrey, o principal nome do jogo.

Porém, a torcida viu os jovens buscarem o gol até o fim. Como o atacante Laranjeira, que já havia se destacado no segundo tempo da derrota para a Portuguesa na estreia. Neste sábado, ele ganhou o status de titular e provou que merece a vaga.

Um jovem atacante sem medo de arriscar, que mostrou força na finalização e boa leitura de jogo. As duas chances que teve pararam nas mãos de Andrey e na trave. Como todo o time, ele cansou no segundo tempo com o campo pesado por causa da chuva. É um jogador para Marcelo Cabo ficar de olho.

Outro que merece atenção é o goleiro Lucão. Não que ele já não tenha. O jovem vem participando de todas as seleções de base, inclusive a olímpica. Já pode ser considerado uma realidade e, se for preciso, estará à disposição do novo treinador.

Mas, como jovens que são, ainda lhes falta mais experiência. E foi isso que contou a favor do Volta Redonda. O time soube se segurar graças à noite iluminada do seu goleiro e na grande chance que teve não desperdiçou.