Site americano detalha partilha de bens entre Tom Brady e Gisele Bündchen

Gisele Bündchen e Tom Brady se separaram no último mês (Reprodução / TV Globo)


O jogador de futebol americano Tom Brady e a modelo brasileira Gisele Bündchen estão oficialmente separados. Como os dois possuem grandes fortunas, há muita curiosidade sobre a partilha de bens após o divórcio. O site americano "Page Six" esclareceu como ela deve acontecer.

+ Astro da NBA veste camisa de time brasileiro em jogo: saiba famosos que têm carinho por clubes do Brasil

Uma fonte relevou ao portal que o casal já havia assinado um acordo pré-nupcial antes do casamento, o que ajudou a simplificar a divisão.

- Havia um acordo pré-nupcial bem rígido assinado antes de eles se casarem em 2009. Os dois têm seus negócios separados, então o divórcio não é tão complicado. O único grande fator é a divisão do grande portfólio de propriedades do casal - disse.

Segundo a reportagem, Tom Brady deve ficar com a casa comprada pelo casal no valor de 17 milhões de dólares na ilha Indian Creek, em Miami. Já Gisele deve se apossar de uma casa mais modesta em Miami, com valor estimado em pouco mais de 1 milhão de dólares, que deve ser utilizada como escritório e uma casa de férias na península da Costa Rica.

+ Conheça detalhes de acordo entre Éder Militão e mãe de sua filha

Também fazem parte da lista de propriedades do casal uma casa em Bahamas, outra em Yellowstone, no estado de Montana, nos Estados Unidos, e um apartamento em Nova Iorque, onde Gisele mora desde a separação.

Gisele e Tom não tiveram dificuldades quanto ao futuro dos dois filhos - Benjamin, de 12 anos, e Vivian, de 9 - e aceitaram a guarda compartilhada.