Americana que bateu Rebeca superou perda de parentes para Covid-19 e acidente que causou paralisia no pai

·2 minuto de leitura
Suni Lee foi medalha de ouro no individual geral (Julian Finney/Getty Images)
Suni Lee foi medalha de ouro no individual geral (Julian Finney/Getty Images)

Suni Lee conquistou a medalha de ouro do individual geral na ginástica artística da Olimpíada de Tóquio. A norte-americana bateu a brasileira Rebeca Andrade, que ficou com a prata, para subir no lugar mais alto do pódio. Mas ao longo de sua trajetória recente, a ginasta precisou superar, também, obstáculos familiares bastante complicados.

O primeiro deles foi um grave acidente sofrido pelo pai há apenas dois anos. A dois dias de disputar o Campeonato Norte-Americano de ginástica, em agosto de 2019, Suni foi informada de que John Lee havia caído de uma escada quando ajudava um vizinho a aparar uma árvore. O resultado: paralisia das pernas.

Leia também:

Suni chegou a pensar em desistir daquela competição, mas foi convencida pelo próprio pai a disputá-la. John fez uma chamada de vídeo para a filha e pediu que ela não desistisse de seus sonhos. A ginasta, então, faturou um ouro e uma prata naquela competição.

O acidente foi ainda mais marcante para Suni porque John foi o grande incentivador da carreira da filha. Ainda criança, a garota interessou-se pelo esporte, mas a família não possuía recursos financeiros para adquirir os instrumentos necessários para treinos. Foi seu pai, então, que lhe construiu uma trave para que ela pudesse praticar o aparelho.

Com a vaga assegurada para Tóquio, Suni superou ainda outro duro baque. A pandemia de Covid-19 não apenas adiou em um ano seu sonho de disputar uma Olimpíada, mas tirou a vida de duas pessoas da família da norte-americana.

Meses depois, Suni Lee viu todo seu esforço e superação serem recompensados com o ouro em Tóquio. Medalha esta que foi encaminhada justamente na trave, quando a norte-americana cravou a melhor nota do aparelho e ultrapassou Rebeca, assumindo a primeira colocação.

“Eu estou orgulhoso. Minha família está orgulhosa. Toda a comunidade está muito orgulhosa dela”, disse John à rede de televisão NBC antes mesmo da conquista da filha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos