Ameaçado pelo governo Bolsonaro, chargista contra-ataca: “A velha e boa censura”

Yahoo Notícias
Fabio Wajngarten, chefe da Secom, e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Fabio Wajngarten, chefe da Secom, e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

Após ser ameaçado por membros do governo do presidente Jair Bolsonaro, o chargista Renato Aroeira fez um novo cartum crítico. Dessa vez, o alvo Fabio Wajngarten, chefe da secretaria de Comunicação.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

O desenho mostra as mãos de Wajngarten como armas. “Arminha na Secom. Num cano, fake news... No outro, a velha e boa censura”, diz a charge.

Na última segunda-feira, Wajngarten ameaçou processar Aroeira autor de uma charge contra o presidente Jair Bolsonaro, e Ricardo Noblat, jornalista que compartilhou a imagem. Mais tarde, o ministro da Justiça, André Mendonça, pediu à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal a abertura de um inquérito contra ambos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) repudiou a atitude do ministro da Justiça e chamou o pedido de “estarrecedor”. “A aversão à crítica é própria dos aspirantes a ditadores”, escreveu a ABI nas redes sociais.


Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também