Amaral vendeu medalha olímpica de bronze conquistada em Atlanta: 'Deu para pagar várias contas'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O ex-volante da Seleção Brasileira Amaral também se animou com a Cerimônia de Abertura da Olimpíada de Tóquio e revelou ter vendido sua medalha de bronze conquista na edição de Atlanta, em 1996. O ex-jogador afirmou ter recebido uma "boa proposta" e hoje tem uma réplica em casa, que também recebeu uma oferta para ser vendida.

> Confira a tabela do futebol na Olimpíada de Tóquio e simule os resultados!

- Momento único para quem joga uma Olimpíada. Eu, por exemplo, ganhei a medalha de bronze em Atlanta. Eu vendi a minha medalha, recebi uma boa proposta e não tive como recusar, e deu para pagar várias contas. Depois fiz uma réplica - escreveu o ex-atleta em uma publicação no Instagram.

- O comprador ainda pediu para eu tirar uma foto com ela, não poderia negar, tirei a foto. E ele queria comprar até minha réplica, mas aí não vendi não - completou Amaral.

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

O ex-jogador e apresentador Neto também foi às redes sociais nesta sexta-feira para falar de sua medalha olímpica, conquistada na Olimpíada de Seoul, em 1988. O ex-meia, no entanto, não vendeu a dele e afirmou ser uma experiência que marcará a vida dos atletas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos