América-MG marca no fim e bate o Corinthians na Copa do Brasil

Alexandre Guariglia
·4 minuto de leitura
Jogadores do América-MG comemoram o gol da vitória contra o Corinthians (Marcello Zambrana/AGIF)
Jogadores do América-MG comemoram o gol da vitória contra o Corinthians (Marcello Zambrana/AGIF)

Após um jogo de nível técnico muito baixo, o América-MG bateu o Corinthians por 1 a 0 na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Com gol de Marcelo Toscano, aos 42 minutos do segundo tempo, em erro de saída de bola, a equipe mineira saiu em vantagem no confronto e agora decide em casa, na próxima quarta-feira, a vaga nas quartas de final da competição.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O primeiro tempo começou com o Timão melhor e mais organizado dentro de campo, construindo jogadas pelo chão. Tanto é que Cazares teve uma chance logo no início, mas chutou por cima do gol. Em seguida, a melhor jogada da etapa inicial, quando Xavier saiu da defesa, tocou para Cazares, que acionou Mateus Vital. Pela direita do ataque, o meia cruzou para a área e achou Éderson, que cabeceou raspando a trave. O goleiro já parecia batido no lance.

Leia também:

A partir dali, o Coelho buscou equilibrar o jogo e teve certo sucesso, principalmente em duelos no meio-campo, mas foi o Corinthians que teve uma nova oportunidade, quando Ramiro pegou rebote fora da área e arriscou o chute, a bola desviou na zaga e quase surpreendeu o arqueiro do time mineiro, que em seguida teve ajuda de Diego Ferreira para salvar bola em cima da linha.

Pouco depois, no momento em que o América-MG parecia melhor no jogo, Ademir fez boa jogada pela direita, driblou Gil de forma desconcertante e cruzou rasteiro para trás, dentro da área. Lá estava Felipe Azevado para empurrar para a rede, mas antes de o atacante finalizar, Fagner apareceu providencialmente para travar o chute e Cássio ficou com a bola sem rebote.

A partida piorou na reta final do primeiro tempo. O Timão tinha mais consistência, mas não conseguia transformar em boas chances, arriscando apenas em chutes de fora da área. Já o Coelho não teve capacidade para criar jogadas saindo da defesa e o ataque pouco trabalhou no fim da primeira etapa. A última chance foi de Mateus Vital, travado na pequena área por Messias.

Na volta do intervalo, Lisca promoveu duas substituições no ataque do América-MG colocando Geovane e Rodolfo para explorar os contra-ataques puxados pelo rápido Ademir. Enquanto Vagner Mancini manteve o time que terminou os primeiros 45 minutos, que não foram tão bons, mas em comparação com o segundo tempo, pareceram um espetáculo na Arena.

O jogo passou a ficar mais franco, mais aberto. Enquanto o Corinthians buscava a construção das jogadas, os mineiros buscavam destruir e atuar em cima do erro do adversário. No entanto, tanto a ideia corintiana quanto a ideia do Coelho foram mal executadas. As falhas técnicas foram gritantes para os dois lados, com passes errados, finalizações bizarras e com excesso de correria.

Com Ademir, o América-MG teve duas potenciais chances de gol desperdiçadas. Uma em cabeceio após cobrança de falta, que passou longe da meta, e outra em jogada individual, com uma conclusão terrível, que exemplificou a qualidade do segundo tempo na Neo Química Arena. Em seguida, Éderson tentou responder com um chute que explodiu no zagueiro Messias.

Quando o péssimo jogo parecia caminhar para um 0 a 0, a tática de Lisca falou mais alto. Cássio tentou um lançamento em saída de jogo, mas a bola foi no pé de Juninho, que tocou para Neto Berola. O atacante partiu em velocidade e cruzou para o segundo pau, onde Marcelo Toscano entrou de carrinho para anotar o gol da vitória do Coelho aos 43 minutos da segunda etapa.

Corinthians e América-MG voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 21h30, na Arena Independência, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Se o placar agregado ficar no empate, a decisão será nos pênaltis. Antes disso, pelo Brasileirão, o Timão enfrenta o Internacional, neste sábado, às 19h, na Neo Química Arena, pela 19ª rodada da competição.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data-Hora: 28/10/2020 - 21h30
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Everaldo, Lucas Piton e Marllon (COR) Neto Berola e Ademir (AME)
Cartões vermelhos: -
Gol: Marcelo Toscano (43'/2ºT) (0-1)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton (Sidcley, aos 27'/2ºT); Xavier, Ramiro (Léo Natel, aos 18'/2ºT) e Éderson (Boselli, aos 18'/2ºT); Cazares (Luan, aos 37'/2ºT), Mateus Vital (Cantillo, aos 27'/2ºT) e Everaldo. Técnico: Vagner Mancini.

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Diego Ferreira (Daniel Borges, aos 48'/2ºT), Messias, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê (Geovane, no intervalo); Ademir (Neto Berola, aos 42'/2ºT), Felipe Azevedo (Marcelo Toscano, aos 42'/2ºT) e Léo Passos (Rodolfo, no intervalo). Técnico: Lisca.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos