América-MG derrota o Cruzeiro pelo Brasileiro Sub-20

·2 minuto de leitura


Neste domingo, 4 de julho, o América-MG venceu, por 1 a 0, o clássico contra o Cruzeiro válido pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20. O único gol da partida foi marcado pelo artilheiro do Coelhãozinho, Goldeson.

Com o triunfo, a equipe americana somou sua primeira vitória na competição e sobe na tabela de classificação, ficando na 13ª colocação. No próximo domingo, o América enfrentará o Athletico-PR, às 15h, no CT do Caju.

O Cruzeiro segue com quatro pontos ganhos na tabela de classificação, em oitavo lugar. Sem tempo para descansar, os Crias da Toca voltam a campo na próxima quarta-feira, desta vez pelo Campeonato Mineiro. O time estrelado enfrenta o Betim, às 15h, em Sete Lagoas. Pelo Brasileiro, a equipe volta a campo no sábado, para o clássico contra o Atlético-MG.

O Jogo

Como o esperado para clássicos, o jogo começou truncado, com poucas finalizações de ambas as equipes. Com o passar do tempo, o América foi crescendo e conseguindo manter a bola no campo de ataque. Destaque para o meia atacante Rodriguinho, responsável por boas roubadas de bolas e ligações rápidas com o ataque americano. Até que, aos 39 minutos, em um escanteio cobrado por Diogo, o atacante artilheiro Goldeson abriu o marcador para o Coelhãozinho. A jogada já havia sido ensaiada entre os atletas aos 25 minutos, mas o goleiro adversário conseguiu fazer uma difícil defesa.

O América voltou para o segundo tempo querendo assegurar a vantagem no placar e investir nos contra-ataques. O time confiou em uma marcação alta, que impediu grandes chances de gol para o rival. Destaque para a zaga americana, que já havia tido uma brilhante atuação na primeira etapa da partida e se manteve bem na segunda, impedindo que os atacantes rivais chegassem com perigo no gol defendido por Pedro Nesi. O Coelhãozinho ainda teve uma chance de ampliar o placar em um contra-ataque, novamente com Goldeson, mas o goleiro adversário conseguiu segurar o chute do artilheiro americano.

O América entrou em campo com: Pedro Nesi, Gustavo Marques (Matheus Filipe), Rodolfo Moisés, Zé Vitor, Rodriguinho, Carlos Junio, Mateus Henrique (Kanté), Lucas Gabriel (Einstein), Goldeson, Diogo (Kevyn) e Arthur (Gustavo Vieira).

O técnico Paulo Castro levou a campo: Denivys; Riquelmy, Marcos Vinícius (Alysson), Matheus Vieira e Kaiki; Ageu (Vitor Neves), Breno e Victor Diniz (Miticov); Stênio (Marcos Silva), Riquelmo (Paulinho) e Igor Lemos (Daniel Jr).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos