América-MG derrota o CRB e fica muito perto do acesso à Série A

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


Envolvido em duas competições, Série B e Copa do Brasil, o América-MG “virou a chave” após duelar com o Palmeiras, pelo jogo de ida das semifinais do mata-mata(1-1), e venceui o CRB, por 1 a 0, gol de Juninho, pela 31ª rodada da segunda divisão nacional. O duelo foi neste sábado, 26 de dezembro, às 18h30, no Independência, em BH.

O Coelho chegou aos 60 pontos, passando provisoriamente a Chapecoense, se mantendo firme na luta pelo título. A equipe mineira tem 11 pontos de vantagem para o quarto colocado, o Juventude.

O time de Lisca colocou uma equipe alternativa, pensando no duelo diante do Verdão e mostrou a força do seu elenco.

O CRB ficou na 14º, com 37 pontos e tem uma situação complexa, já que estava lutando pelo acesso e agora vê os times do Z4 se aproximando, iniciando uma luta contra o rebaixamento.

CONFIRA A TABELA DA SÉRIE B

Próximos jogos

O Coelho volta a campo na quarta-feira, 30 de dezembro, contra o Palmeiras, pelo jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. Pela Série B, a equipe mineira encara no dia 2 de janeiro, o Guarani, em Campinas, às 21h. O CRB vai até Florianópolis enfrentar o Avaí, na terça-feira, 29 de dezembro, às 19h15, na Ressacada.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 x 0 CRB
Data-Horário: 26 de dezembro, às 18h30
Estádio-Local: Independência-Belo Horizonte(M G)
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkoph (MS)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)
Cartões amarelos: Sábio(AME), Iago(CRB), Luiz Paulo(CRB)
Cartões vermelhos:-

Gol: Juninho, aos 29’-2ºT(1-0)

América-MG: Airton, Daniel Borges, Messias, Anderson Jesus e Sávio;Juninho,Flávio(Sabino, aos 27’-2ºT), Alê (Geovane, aos 27’-2ºT). Felipe Augusto(Calyson, aos 27’-2ºT ), Rodolfo(Marcelo Toscano, aos 41’-2ºT ) e Ademir(Léo Passos, aos 41’-2ºT). Técnico: Lisca.


CRB: Edson Mardden; Reginaldo, Gum, Ewerton Páscoa, e Luiz Paulo(Olívio, aos 36’-2ºT); Claudinei, Carlos Jatobá( Hyuri, aos 15’-2ºT) e Diego Torres; Luidy(Iago, aos 25’-2ºT), Pablo Dyego(Régis Tossati-intervalo) e Lucão do Breik ( Daniel Amorim, aos 25’-2ºT). Técnico:Roberto Fernandes