Alvo de piadas, Rubens Barrichello revela mágoa: 'Chorei piamente'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Rubens Barrichello hoje é piloto da Stock Car (Divulgação)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Principal nome do Brasil nas últimas décadas ao lado de Felipe Massa na Fórmula 1, Rubens Barrichello abriu o coração no programa 'Queimando a Largada', da Band. Durante o papo com a apresentadora Lívia Nepomuceno, o ex-piloto falou sobre as brincadeiras que surgiram com o nome do dele. Rubinho revelou que quando viu a primeira grande piada em rede nacional, 'chorou copiosamente'.

+ Neymar deixa mensagem de amor para Bruna Biancardi: 'Feliz de ter você na minha vida'

- A gente não consegue agradar a todos. Ali foi momento de entender quem era meu amigo. Eu rio muito do humor aqui no Brasil, mas começou a ficar pesado porque dá audiência. Por isso, a coisa perdeu o respeito. A primeira vez que eu vi a brincadeira no Casseta & Planeta eu chorei piamente. O choro da injustiça é um choro doído. Machucou demais, mas me fez crescer - disse Rubens Barrichelo.

+ Casimiro vai transmitir partidas do Athletico Paranaense no Brasileirão

Após a morte de Ayrton Senna, em 1994, Rubinho despontava como promessa brasileira da modalidade. Durante a carreira, o piloto, que hoje atua na Stock Car, nunca conquistou um título da Fórmula 1, mas venceu 11 corridas e somou 68 pódios. Rubens Barrichelo passou por várias equipes, como Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Willians.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos