Alvo de europeus, Lyanco conversa com Ceni e foca no São Paulo

Alvo do futebol europeu, Lyanco conversou com o técnico Rogério Ceni acerca das propostas de Juventus-ITA e Atlético de Madri-ESP e foi aconselhado a manter o foco apenas no São Paulo. Após defender a Seleção Brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria, no Equador, entre janeiro e fevereiro, o zagueiro foi relacionado pela primeira vez no ano para a partida contra o ABC de Natal, nesta quarta-feira, no Morumbi.

“(O Rogério) Falou para eu manter a cabeça tranquila, graças a Deus tenho a cabeça muito boa, estou vestindo a camisa do São Paulo”, disse Lyanco. “Tenho na minha cabeça que quero trabalhar e ajudar o São Paulo. Estou mais forte e confiante do que quando saí para o Sul-Americano. Estou bastante feliz de ser relacionado mais uma vez”, acrescentou.

Em meados de janeiro, durante a janela de transferências da Europa, Lyanco foi assediado pela Juventus, que ofereceu 5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões). O clube do Morumbi, por sua vez, queria mais dinheiro e preferiu estender as conversas para não bater o martelo com pressa.

Em fevereiro, o Atlético de Madri entrou no negócio e ofereceu 6 milhões de euros (R$ 20 milhões), aproximando o valor desejado pelo Tricolor. No entanto, como a janela de transferências já havia se encerrado, a venda de Lyanco poderá acontecer somente no meio do ano.

Tudo isso aconteceu enquanto Lyanco estava a serviço da Seleção Brasileira sub-20, que voltou do Equador sem vaga no Mundial. Após tirar alguns dias de folga, o zagueiro se reapresentou ao São Paulo no fim do mês passado e foi relacionado por Ceni pela primeira vez para o duelo desta noite. Ele não está na lista de inscritos do Campeonato Paulista.

“Eu estou focado no São Paulo, deixo isso para os meus empresários, para o presidente, resolverem. Já falei em reuniões que quero continuar no São Paulo, mas o que tiver que ser feito da melhor maneira possível eles fazem. Quero ajudar o São Paulo enquanto estiver aqui”, finalizou.

Com apenas 20 anos, Lyanco começou no Botafogo, de Ribeirão Preto, mas se formou como jogador nas categorias de base do São Paulo, em Cotia. Pelo profissional do Tricolor, ele contabiliza 24 partidas oficiais, com um gol marcado.