Alvo da torcida, Raí descarta pedir demissão do cargo de diretor

Raí continuará no São Paulo (Foto: Reprodução/Twitter São Paulo)
Raí continuará no São Paulo (Foto: Reprodução/Twitter São Paulo)


Entre os alvos dos protestos da torcida do São Paulo após derrota para o Athletico por 1 a 0, o diretor executivo Raí descartou a possibilidade de pedir demissão. Para o diretor, o trabalho no clube está sendo bem feito.

- Não penso em nada disso. Tenho vínculo até o final do ano. Prioridade e foco total no trabalho, dia a dia, cobrança por um final de ano digno. Não podemos nunca aceitar o São Paulo nessa situação. Nunca vai poder aceitar isso. Sem conformismo. Tem cobrança interna, como tem da torcida. Felizmente, ainda estamos em quinto. O trabalho tem sido bem feito, o resultado virá e virá rápido - comentou Raí.

Questionado sobre o mau momento de alguns jogadores, o dirigente evitou apontar culpados, mas cobrou que os mais experientes ajudem os jogadores mais jovens do elenco.

- Acho que o São Paulo tem um bom equilíbrio. Alguns jogadores estão em melhor momento, outros nem tanto. Jogadores jovens se superando, alguns sendo decisivos. Jogadores tentando se doar ao máximo, alguns voltando como o Pablo. A gente espera bastante dos mais experientes para dar força aos jovens e que o time possa subir.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também