'Alucinados': Montenegro detona Flamengo e Vasco e diz que Rubro-Negro 'enfeitiçou' Bolsonaro


A retomada do futebol carioca está gerando uma série de polêmicas. Carlos Augusto Montenegro, membro do Conselho Gestor do Botafogo, voltou a criticar duramente Flamengo e Vasco pela pressão para a retomada do Estadual em meio à pandemia do coronavírus. Em entrevista à "Rádio Transamérica", ele afirmou que os rivais estão "alucinados" e sobrou até para o presidente da República, Jair Bolsonaro.

- É uma loucura. Flamengo e Vasco, com os clubes menores, estão alucinados com o campeonato voltar em junho. Eu não estava entendendo. O Flamengo querendo jogar quinta-feira (contra o Bangu). Descobri que o presidente vem assistir ao jogo sem público. Nem sei como é que pode, mesmo sendo presidente. Isso talvez seja uma satisfação pessoal - analisou Montenegro, que foi além nas críticas ao Rubro-Negro.

- O Flamengo desprezou o Carioca, brigou com a Globo, os jogos não estão sendo transmitidos, e enfeitiçou o presidente da República e o presidente da Federação (de futebol do Rio - Rubens Lopes). O Flamengo realmente está em outro patamar, acha que joga sozinho, mas vai ter que respeitar - afirmou.



Montenegro voltou a afirmar que Botafogo e Fluminense não jogarão em junho, custe o que custar.

- O negócio é tão idiota, não sei mais qual palavra que eu falo. É um protocolo de falta de respeito. É uma coisa triste e lastimável, tenho vergonha. Botafogo e Fluminense não vão jogar em junho, vamos às últimas consequências - garantiu.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também