Em alta com a torcida, Romero é confirmado como titular nas quartas

Ángel Romero foi ovacionado por torcedores do Corinthians em Itaquera dois dias seguidos – na derrota por 3 a 0 do Paraguai para a Seleção Brasileira, na terça-feira, e na vitória por 3 a 1 da sua equipe sobre o Linense, na quarta-feira. Em alta com a torcida, ele já tem presença garantida no time titular corintiano que enfrentará o Botafogo-SP nas quartas de final do Campeonato Paulista.

“Sim”, confirmou o técnico Fábio Carille, que deu rodagem a jovens como Pedrinho e Léo Jabá quando não contou com Romero. “Ele conquistou essa condição fazendo bons jogos, bons clássicos, contra Santos e Palmeiras. No domingo (a data da partida ainda será confirmada pela Federação Paulista de Futebol), o Romero iniciará o jogo”, acrescentou.

Com quase três anos de casa, Romero nunca teve tanta moral entre torcedores e funcionários do clube. O atacante que se irritava por ser alvo de chacota por sua técnica não muito apurada – estava no ostracismo na campanha do título brasileiro de 2015 – conquistou fãs com o seu empenho. E também com gols.

Romero já é o maior artilheiro do estádio construído em Itaquera. Anotou 17 vezes na Zona Leste paulistana, a última delas na vitória diante do Linense. Na comemoração, após aproveitar uma assistência do meia Jadson e concluir por cima do goleiro Edson Kolln, ele correu em direção à torcida e agarrou uma bandeira do Paraguai tradicionalmente pendurada no setor sul.

“O gol tinha que sair hoje. Não estive muito tempo em campo contra o Brasil, mas fiquei feliz pela maneira como jogamos. O fato de a torcida estar gritando o meu nome prova que venho fazendo um grande trabalho no Corinthians. Vou continuar assim”, animou-se Romero, preocupado apenas em aumentar a sua média de gols em 2017.

“Se eu não me engano, foi o primeiro gol do Romero no ano”, ressalvou Carille, sobre a conclusão certeira diante do Linense. “Ele já sabia que poderia ser utilizado nesse jogo. Quando um jogador é convocado, vai sabendo que, se participar de menos de 45 minutos e não tiver feito uma viagem longa, será aproveitado por nós”, acrescentou.

Pedrinho

Apesar de Romero estar em alta, Fábio Carille não deixa de elogiar um jovem concorrente do paraguaio – Pedrinho, que levou um pisão no pé esquerdo diante do Linense, saiu mancando e passará por avaliação do departamento médico corintiano nesta quinta-feira.

“O Pedrinho é tudo o que a gente espera: um jogador técnico, armador, que tem lance pessoal e sabe rodar bem a bola. Estou muito satisfeito com o rendimento desse atleta. Queria ter deixado ele um pouco mais em campo, mas aconteceu esse problema no pé”, lamentou Carille, que passará a contar também com Clayton, envolvido na negociação que levou Marlone ao Atlético-MG, como mais uma opção para o setor onde atua Romero.