AlphaTauri quer ir mais longe na F1 em 2021

·1 minuto de leitura
Piloto francês de F1 AlphaTauri Pierre Gasly em Imola, na Itália, no dia 30 de outubro de 2020

A escuderia da Fórmula 1 AlphaTauri, que apresentou nesta sexta-feira seu carro e seus pilotos para 2021, estabeleceu para si própria que a "meta para este ano é estar sempre no pelotão da frente", segundo o seu dirigente Franz Tost.

Em 2020, a equipe italiana, que antes se chamava Toro Rosso, teve a melhor temporada de sua história, marcando 107 pontos no mundial de construtores. Acabou em sétimo lugar entre as dez na classificação final.

Entre os pilotos, o francês Pierre Gasly, de 25 anos, vencedor de seu primeiro Grande Prêmio em Monza (Itália) em 2020 e décimo no último Mundial, será o líder da equipe. Com a experiência de quem está desde 2017 na categoria, ele terá ao seu lado o estreante japonês Yuki Tsunoda, de 20 anos.

"A chegada de Yuki (que substituiu o russo Daniil Kvyat, de 26 anos) significa que terei mais responsabilidades e estou disposto a assumir essa função", disse o francês.

Tsunoda foi terceiro na F2 em 2020 e acredita que este campeonato será "uma experiência muito útil e um bom aquecimento" para seu salto para a F1.

pel/chc/dr/aam