Alonso testa simulador da Indy em preparação para as 500 Milhas

Fernando Alonso está nos Estados Unidos, em seu primeiro contato com o mundo da Fórmula Indy após ter anunciado que disputará as 500 Milhas de Indianápolis, no dia 28 de maio, perdendo o Grande Prêmio de Mônaco da F1. Nesta segunda-feira, o espanhol passou o dia no simulador da Honda.

Leia mais:

Alonso é o mais bem pago da F1; confira a lista dos salários de 2017

No intervalo entre o GP do Bahrein, realizado há nove dias, e o GP da Rússia, que acontece no próximo domingo, Alonso realizou atividades na Indy, visando sua preparação para as 500 Milhas. O piloto conheceu a fábrica de sua equipe, a Andretti, deu entrevista coletiva e acertou detalhes do assento do carro.

Para participar das 500 Milhas de Indianápolis, principal prova da Fórmula Indy, Alonso optou por abrir mão do Grande Prêmio do Mônaco, uma das corridas mais importantes da F1. A intenção do espanhol é uma só: conquistar a tríplice coroa do automobilismo mundial.

A tríplice coroa consiste nas conquistas do GP de Mônaco, das 500 Milhas de Indianápolis e das 24 Horas de Le Mans. Alonso já venceu no Principado em 2006 e 2007, e busca a vitória inédita nos Estados Unidos nesta temporada. Além disso, há rumores de que o espanhol disputará as 24 Horas em 2018.

Bicampeão da Fórmula 1 em 2005 e 2006, Alonso está longe de sua melhor fase na categoria. Nas últimas temporadas, o piloto não vem tendo bons resultados, muito por conta da dificuldade da Honda em fornecer motores competitivos à McLaren. No atual Mundial, inclusive, Fernando ainda não completou provas, abandonando as três primeiras corridas de 2017.