Alonso se solidariza com Russel após negar-lhe um ponto no GP da Áustria

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - O bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso se solidarizou com George Russell neste domingo, após negar ao piloto da Williams o ponto que teria sido o primeiro da sua equipe em dois anos.

Alonso passou o britânico a três voltas do fim do Grande Prêmio da Áustria para assegurar o 10º lugar e o ponto final da etapa para a Alpine, da Renault.

"Eu fiquei um pouco triste por George porque ele foi incrível no fim de semana", disse o espanhol à emissora de televisão Sky Sports.

"Eu queria que fosse qualquer um menos ele naquela última posição. Eu estava com pneus muito melhores, uma tração muito melhor e consegui fazer a ultrapassagem."

"Ele terá mais oportunidades, espero, para chegar ao pódio ou vencer no futuro."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos