Por Alonso, Ricciardo lamenta má fase da McLaren na Fórmula 1

Terceiro colocado na temporada da Fórmula 1 em 2016, Daniel Ricciardo acredita que a Red Bull terá resolvido seus problemas em tempo para a disputa do GP da Austrália, em Melbourne, na próxima semana. Entusiasmado para ver uma competição mais acirrada neste ano, o piloto australiano lamentou a má fase da McLaren, equipe do bicampeão Fernando Alonso.

“Pobre coitado. Admiro Fernando como pessoa, o respeito muito como piloto e me encantaria vê-lo de novo na frente porque é genial lutar contra ele. Mas nesse momento parece muito difícil que a McLaren possa lhe dar os melhores equipamentos”, afirmou Ricciardo em entrevista ao jornal “La Gazetta dello Sport”.

Com Alonso e Stoffel Vandoorne, a montadora britânica não conseguiu muitos êxitos durante as duas semanas de treino em Barcelona, na Espanha. Ricciardo e seu companheiro, Max Verstappen, por sua vez, também não se destacaram no circuito catalão.

”O inverno não foi um desastre, então estou convencido de que na Austrália estaremos aptos para conseguir um bom resultado. Se não tivermos, vamos lutar imediatamente e nos recuperaremos. A velocidade de desenvolvimento é nossa melhor arma”, acrescentou o piloto de 27 anos.

Depois de três anos de domínio absoluto da Mercedes, Ricciardo agora espera mais competitividade vindo da Ferrari e de sua própria equipe. Mesmo assim, o australiano ainda considera o atual vice-campeão Lewis Hamilton como favorito.

“Por agora é Hamilton, mas acredito que Vettel será rápido igual. Quando você tem um bom carro, você vira o mais forte. A Ferrari foi forte desde o primeiro dia em Barcelona. Espero que se confirme em Melbourne porque é bom que alguém possa competir com a Mercedes. Seria genial se tivesse três equipes brigando desde o começo pelo Mundial”, completou.