Alonso quer os dois carros da McLaren terminando o GP da Rússia

A McLaren não vive um bom momento na temporada de 2017 da Fórmula 1. Após as três primeiras corridas, Stoffel Vandoorne completou apenas uma, enquanto Fernando Alonso ainda não recebeu a bandeira quadriculada. Neste domingo, acontece o Grande Prêmio da Rússia, e o bicampeão espera que os dois pilotos possam terminar a prova.

“Em primeiro lugar, um resultado positivo para nós em Sóchi será terminar a corrida com ambos os carros. A temporada é longa, não há muito tempo entre as corridas para desenvolvimento. O circuito é muito interessante, por ser uma mistura de desafios, e acho que esse ano será abordado de forma diferente com o novo regulamento”, declarou o espanhol.

Após o GP do Bahrein, as equipes realizaram testes, e a McLaren chamou atenção no último dia, após Vandoorne terminar em quarto, com menos de um segundo de diferença para Valtteri Bottas, da Mercedes, que ficou em primeiro. Alonso exaltou o desempenho da equipe, e espera que o aprendizado seja colocado em prática rapidamente.

“Acompanhei o teste no Bahrein e estou satisfeito que fomos capazes de garantir um monte de dados valiosos tanto do carro quanto do motor, e sei que todos na McLaren-Honda estão trabalhando duro para colocar isso em prática o mais rápido possível. As voltas que conseguimos no último dia de testes foram muito positivas e espero que benéficas para as próximas corridas”, finalizou.