Allan dos Santos, influenciador bolsonarista, dribla bloqueio de Moraes e continua nas redes sociais

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Alvo de bloqueio no Twitter, YouTube e Instagram, o Terça Livre, do bolsonarista Allan do Santos, tem driblado as restrições oriundas de decisões de Alexandre de Moraes, do STF.

Conteúdo do TL, como é chamado pelos seguidores, era reproduzido nesta sexta-feira (15) pelo canal Artigo 220, no YouTube.

Em um dos programas, um apresentador faz questão de dizer que “o TL está ativo”.

O canal, com 52 mil inscritos, tem o nome inspirado no artigo da Constituição que diz que a manifestação do pensamento não sofrerá restrição.

“Conforme noticiamos, o canal Terça Livre TV cedeu os direitos para o Artigo 220, após ser censurado pela terceira vez”, consta no site de Santos.

Um novo perfil do influenciador também foi ativado no Twitter, mas durou pouco. No final da noite desta sexta, já aparecia bloqueado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos