Alison dos Santos conquista prata na etapa de Mônaco da Liga Diamante

·1 minuto de leitura


O paulista Alison dos Santos (Pinheiros) conseguiu mais um ótimo resultado na temporada 2021. Ele ficou em segundo lugar nesta sexta-feira na prova dos 400 m com barreiras na sexta etapa da Liga Diamante, o principal circuito de competições do mundo, disputada em Mônaco.

Ele completou a prova em 47.51, a terceira melhor marca da carreira. Depois de quebrar quatro vezes o recorde sul-americano – a última em Estocolmo, na Suécia, no dia 4 de julho, com 47.34 -, ele encerrou oficialmente as competições preparatórias para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele disputa as eliminatórias dos 400 m com barreiras na noite do dia 29 de julho, no horário de Brasília.

Aos 21 anos, Alison só foi superado na prova desta sexta-feira pelo norueguês Karsten Warholm, recordista mundial da prova, que correu a distância em 47.08. Rasmus Magi, da Estônia, ficou em terceiro lugar, com 48.83.

Com o resultado, o brasileiro de São Joaquim da Barra manteve boa regularidade na Liga Diamante, depois de pontuar também nas etapas de Doha, Oslo e Estocolmo. Ele mantém a liderança da especialidade no circuito.

Agora, o atleta retorna para Rio Maior, em Portugal, acompanhado do técnico Felipe de Siqueira para a última semana de treinos antes de viajar para o Japão.

- Foram três competições importantes em seguida – Oslo, Estocolmo e Mônaco. Pudemos fazer alguns ajustes. Agora vamos para os acertos finais antes da estreia na Olimpíadan - disse Felipe.

No salto triplo, a mineira Nubia Soares, também convocada para os Jogos de Tóquio, terminou em oitavo lugar, com 14,11 (-0.4). A vitória foi da jamaicana Shanieka Ricketts, com 14,75 m (0.4).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos