Alison dos Santos bate recorde sul-americano nos 400 m com barreira na Liga Diamante

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O brasileiro Alison dos Santos, 21, venceu neste domingo (4) a prova dos 400 m com barreiras da Liga Diamante, série anual de competições de atletismo, em Estocolmo, na Suécia. Além da medalha de ouro, ele bateu o recorde sul-americano com o tempo de 47,34s, diminuindo marca anterior de 47,37s feita por ele mesmo há três dias.

A segunda colocação ficou com o turco Yasmani Copello (48,19s). O jamaicano Kemar Mowatt (48,75s) completou o pódio em terceiro lugar.

Kyron McMaster, atleta das Ilhas Virgens Britânica, disputava a primeira colocação com Alison, mas sofreu queda na última barreira e acabou na última colocação. O virginense é um dos principais candidatos ao pódio olímpico nos Jogos de Tóquio.

Alison dos Santos, o Piu, também será candidato a uma medalha na Olimpíada. Ele foi o primeiro brasileiro a correr abaixo dos 48 segundos, superando o recorde nacional de Eronilde Araújo, de 48s04, em 1995, além do continental, obtido pelo panamenho Bayano Al Kamani, de 47s84, em 2005.

Em 2019, o brasileiro foi medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima e sétimo colocado no Mundial de Doha. No ano passado, por causa da pandemia, não competiu.

Neste ano, conquistou medalha de prata no Mundial de revezamentos, na modalidade 4x400 m misto.

Talento precoce, Alison é considerado pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) como a maior revelação do esporte nos últimos anos.

O recorde mundial dos 400 m com barreira pertence ao norueguês Karsten Warholm, que nesta semana atingiu o tempo de 46s70 na etapa de Oslo, na Noruega, da Liga Diamante. Ele não competiu neste domingo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos