Alice Wegmann e Sônia Braga protestam pela preservação da Amazônia

Yahoo Vida e Estilo
Alice Wegmann e Sônia Braga na pré-estreia de Bacurau no RIo de Janeiro (Brazil News)
Alice Wegmann e Sônia Braga na pré-estreia de Bacurau no RIo de Janeiro (Brazil News)

Alice Wegmann e Sônia Braga se uniram a outros artistas nos protestos para a preservação da floresta amazônica durante a pré-estreia do filme Bacurau no Rio de Janeiro.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Parte do elenco do longa, em que vive uma médica, Sônia Braga atentou que precisamos parar de negligenciar o que acontece no Norte do país. “É o garimpo, a exploração das terras dos indígenas, são os incêndios, os agrotóxicos. Temos uma infinidade de problemas hoje no Brasil e por isso estamos correndo grandes riscos. São tantas conquistas que estamos correndo o risco de perder que precisamos ficar atentos”, diz a atriz.

A veterana ainda alerta para tempos que sombrios que parecem voltar. “Censura nunca mais, tortura nunca mais. Chegamos ao século 21 com pessoas famintas e sem teto! Precisamos ficar muito alertas neste momento. O Bacurau é um filme que se passa no futuro. É bom que as pessoas vejam e reflitam qual é o futuro que elas querem para o Brasil.”

Leia também:

Defensora de direitos

De outra geração, Alice Wegmann, não é menos engajada na defesa de direitos básicos. “Temos que acordar para tudo o que está se acontecendo. Não tem como negar o desmatamento e as queimadas. Tivemos várias manifestações no Brasil no fim de semana. Pude estar presente na rua e se tiverem outras voltarei. Temos que nos colocar e cobrarmos ações do governo.”

Filme

Bacurau estreia em todo o Brasil nesta quinta-feira (29) e fala de um Brasil profundo, mas sem focar nos esteriótipos do senso comum. O filme é um longa de ação que prende o espectador.

Leia também