Aliados aconselham Bolsonaro a decretar luto oficial por Pelé

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) pediram a ele que decrete luto oficial em razão da morte de Pelé.

Bolsonaro não deve ir ao velório, pois vai viajar a Orlando, nos EUA. Ele não havia se manifestado sobre a morte do rei do futebol até as 19h desta quinta (29).

Apenas aliados, como o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, a ex-ministra dos Direitos Humanos Damares Alves e o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), expressaram condolências em redes sociais, entre outros.