Aliado de Mustafá, Mario Giannini é o favorito a concorrer à presidência do Palmeiras pela oposição

·2 minuto de leitura


Conforme as eleições do Palmeiras se aproximam, os grupos políticos se organizam para concorrer à presidência e o conselheiro Mario Giannini, diretor na gestão de Mustafá Contursi e vice-presidente com Arnaldo Tirone, é o favorito a ser lançado como candidato pela oposição. A informação foi publicada pelo UOL e confirmada pelo NOSSO PALESTRA.

Até o momento, somente Leila Pereira, dona da Crefisa e da FAM e, portanto, patrocinadora e credora do clube, está confirmada no páreo como candidata da situação.

Ciente do favoritismo de Leila, a oposição tem trabalhado para lançar um candidato único em união. Giannini ganhou força nos últimos dias, mas ainda não se decidiu se participará das eleições. Ele disputou a presidência do Conselho Deliberativo do Verdão em junho, mas foi derrotado por Seraphim Del Grande por pouca diferença de votos.

O outro nome forte da oposição é Savério Orlandi, que foi diretor de futebol nas gestões de Affonso Della Monica e Luiz Gonzaga Belluzzo. Ainda segundo o UOL, ele sofre certa resistência dentro do grupo de Mustafá dentro do Palmeiras.

Para poder concorrer à presidência do Verdão, uma chapa precisa de pelo menos 15% do apoio do Conselho Deliberativo para, depois, participar da eleição com voto dos associados.

MOVIMENTO OCUPA PALESTRA NÃO APOIARÁ LEILA OU GIANNINI

A escolha pelo nome da oposição tem agitado os bastidores da política do Verdão e o Movimento Ocupa Palestra publicou uma nota oficial nesta sexta-feira (27), anunciando que não apoiará nem a candidatura de Leila Pereira e tampouco a provável escolha de Mario Giannini como nome da oposição para concorrer à presidência do Palmeiras.

O Ocupa Palestra entende que a eleição de Leila Pereira caracterizaria um conflito de interesses, uma vez que ela é dona da Crefisa e da FAM e, portanto, credora e patrocinadora do Verdão. E também não concorda com o nome do conselheiro Mario Giannini, que foi diretor de futebol na gestão de Mustafá Contursi.

Ativo na política do Palmeiras, o movimento afirma que ambas as candidaturas não representariam renovação e transparência, além de ressaltar que apoiaria um eventual terceiro nome alternativo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos