Algoz da Globo na briga pela Copa América, SBT não terá custos extras com realização do torneio no Brasil

·1 minuto de leitura


Detentora dos direitos televisivos da Copa América após 32 anos, o SBT teve mais um motivo para comemorar. Em acordo com a Conmebol, o contrato da rede com a entidade máxima do futebol sul-americano não sofrerá reajustes pela transferência da competição para o Brasil.
+ Confira a classificação atualizada das Eliminatórias Sul-Americanas

A Globo também tinha interesse em fechar com a competição da Conmebol, entretanto, o bom relacionamento com o SBT pesou na decisão da entidade. Assim, a emissora de Silvio Santos volta a transmitir com exclusividade o torneio.

De acordo com o portal "Uol Esportes", as propostas apresentadas pelas emissoras eram parecidas. Entretanto, o grupo carioca não era visto com bons olhos pela Conmebol pela quebra de contrato com a Libertadores, motivo de processo que ainda corre na corte de arbitragem na Suíça.

Pelo direito de transmissão da Copa América na Tv aberta, a emissora de Sílvio Santos desembolsará inicialmente cerca de US$ 6 milhões (R$ 31 milhões).

Ao longo desta semana, o aval para realização da competição no Brasil repercutiu negativamente entre jornalistas , torcedores e políticos. Na Globo, o clima de descontentamento com o torneio foi tema polêmico em debates nos programas da rede. O narrador Luís Roberto chegou a afirmar que a Copa América no Brasil era um "tapa na cara dos brasileiros". Já Carlos Cereto, do SporTV, disse que posicionamentos tomados por jornalistas esportivos eram somente motivados pelo desejo de "lacrar".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos