Alexander-Arnold diz: 'Não quero ser apenas um exemplo dentro de campo'


Em entrevista ao 'BT Sport', o lateral direito do Liverpool, Alexander-Arnold, de apenas 21 anos, afirmou que não quer ser apenas um exemplo dentro de campo, mas que pretende contribuir para mudar a forma como as pessoas pensam sobre o racismo e a desigualdade no mundo.

- Embora não tivesse sido alvo direto de racismo, isto não quer dizer que não tenha sentido. Sinto a dor que eles sentem. É um sentimento de comunidades. Se dizes a uma pessoa, dizes a todos. Não quero ser apenas um exemplo dentro de campo. Quero se alguém que sente que mudou algo na forma como as pessoas pensam - declarou Alexander-Arnold à BT Sport.

Desde que estreou nos profissionais do Liverpool, em 2016, Arnold disputou 125 partidas e fez 6 gols com a camisa dos Reds. Até o momento, ele conquistou diversos títulos como a Liga dos Campeões da UEFA, na temporada 2018–19, a Supercopa da UEFA, em 2019, e o Mundial de Clubes da FIFA, também em 2019, sobre o Flamengo.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também