Alex Telles, substituto de Alex Sandro, é menos experiente e não vingou na Inglaterra

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Provável substituto de Alex Sandro, 31, que está com uma lesão no quadril, na partida do Brasil contra Camarões na Copa no Qatar, o lateral esquerdo Alex Telles, 29, tem pouca experiência na seleção brasileira.

Se for escalado por Tite, ele fará apenas sua décima partida com a camisa do Brasil, a sexta começando como titular -não fez nenhum gol. Alex Sandro soma 39 jogos e dois gols pela equipe nacional.

Na sexta-feira (2), a seleção, já classificada para as oitavas de final com as vitórias diante de Sérvia (2 a 0) e Suíça (1 a 0), tentará terminar o Grupo G na liderança -para isso, basta um empate.

Telles não foi presença constante no ciclo da seleção, pós-Copa de 2018, que culminou no Mundial qatariano.

Ele só assegurou uma vaga entre os 26 convocados para a Copa na reta final, estando presente nos últimos amistosos, em setembro, antes da divulgação da lista.

Ganhou a preferência de Tite na disputa com Renan Lodi, cujo futebol entrou em decadência depois de falhar na decisão da Copa América de 2021, contra a Argentina, e com Guilherme Arana -este teve uma lesão que o fez deixar de concorrer.

Cria do Juventude, de Caxias do Sul, cidade gaúcha onde nasceu, Telles passou pelo Grêmio e atua fora do Brasil há quase dez anos.

Jogou no Galatasaray (Turquia), por empréstimo na Inter de Milão (Itália), e no Porto (Portugal), onde viveu sua melhor fase, a partir de 2016, conquistando duas vezes o Campeonato Português.

A boa fase prolongada chamou a atenção de um dos gigantes europeus, o inglês Manchester United, que o contratou em 2020.

Lá, não emplacou. O técnico norueguês Ole Solskjaer, na temporada 2020/21, relegou-o quase todo o tempo à reserva do inglês Luke Shaw, titular da seleção inglesa nesta Copa do Mundo.

Na temporada seguinte, que teve troca de treinador (o alemão Ralf Rangnick substituiu Solskjaer), Telles teve uma lesão no tornozelo que o atrapalhou na disputa de posição com Shaw, e os dois alternaram a titularidade do United.

Para 2022/2023, o brasileiro deixou de estar nos planos do novo treinador, o holandês Erik ten Hag -o mesmo que se desentendeu com o astro português Cristiano Ronaldo- e se mudou para a Espanha, emprestado pelo United para o mediano Sevilla.

A entrada dele, que só não acontecerá contra os camaroneses se Tite decidir improvisar na posição, pouco mudará na seleção brasileira.

Assim como Alex Sandro, Telles é bom marcador, sendo considerado um pouco melhor que o colega no apoio ao ataque.