► Alex Silva diz que rasgou a própria camisa para não ser expulso

Alex Silva revelou ter rasgado a própria camisa para não ser expulso ao se envolver em confusão com Yerri Mina minutos antes de o colombiano marcar o gol da vitória do Palmeiras sobre o Jorge Wilstermann por 1 a 0 já aos 50 minutos do segundo tempo. Em cobrança de escanteio, os dois defensores encostaram testa com testa.

“Isso é coisa de Libertadores. Teve o agarra-agarra, ficamos testa com testa ali. Ele tentou dar uma catimbada do lado dele e eu da minha rasgando minha própria camisa para não ser expulso (risos)”, afirmou.

Alex Silva Palmeiras Jorge Wilstermann Copa Libertadores 15032017


(Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Um dos destaques da equipe boliviana, Alex Silva disse que a equipe ficou triste com o resultado, mas satisfeita com o desempenho mostrado dentro de campo.

“Não é fácil jogar contra o Palmeiras. Nossa equipe é jovem, muitos nunca jogaram Libertadores, mas é um grupo aguerrido e que deu gosto de ver. No final, poderia dar um bico lá e o jogo ter terminado 0 a 0, mas foi bom, porque mostramos porque vencemos bem o Peñarol e temos chance de continuar brigando para se classificar”, declarou.

“Todos achavam que seríamos goleados e mostramos que temos uma boa equipe. Saímos tristes pelo resultado, mas felizes pela atuação”, finalizou.