Alex revela frustração com Felipão e dispara: 'Enquanto pessoa, sinceramente, tenho várias ressalvas'


O meia Alex nunca escondeu sua frustração por não ter sido convocado para a Copa do Mundo de 2002 e de 2006. Em entrevista ao "Troca de Passes", o ex-jogador desabafou sobre a situação e falou sobre suas relações com Felipão e Parreira.

- A diferença maior entre 2002 e 2006 é que a relação pessoal que eu tinha com o Felipe (Felipão) me fazia acreditar que eu iria para a Copa. Acabo não indo. E a relação com o Parreira, que era pequena, mas que pessoalmente ele agiu de maneira diferente comigo, mas também acabo não indo. Mas, hoje, em 2020, já tive com o Felipe incontáveis vezes, minha carreira mostra, segui jogando em bom nível - afirmou em entrevista.

Hoje comentarista da ESPN, o ex-jogador afirmou que considera Felipão um treinador fantástico, mas que tem várias ressalvas sobre a pessoa.

- Felipão enquanto treinador foi fantástico para mim. Só guardo coisas boas. Tenho carinho e respeito grande e agradecimento enorme, pois aprendi muito naquele período. Muito das coisas que eu fiz na frente foi porque ele me ajudou bastante. Enquanto pessoa, sinceramente, tenho várias ressalvas quanto a isso - revelou.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também