Alex posta mensagem para Felipão após anúncio de aposentadoria

Alex falou um pouco sobre a relação com o ex-comandante (Foto: Reprodução/Instagram)


Na noite deste domingo, após o anúncio de sua aposentadoria como treinador, Luiz Felipe Scolari, através das redes sociais, recebeu uma mensagem do ex-jogador Alex. Na publicação, ele taxou como "espetacular" a trajetória de Felipão no futebol e enfatizou não ter ressentimentos com o ex-técnico, que o deixou de fora do elenco campeão da Copa do Mundo de 2002.

+ Times brasileiros definidos! Saiba os clubes que já têm vaga na Libertadores 2023

Na mensagem, Alex rasgou elogios ao ex-comandante e a sua carreira. O ex-jogador fez questão de ressaltar que foi campeão por quatro oportunidades sob o comando de Felipão e ainda destacou que o técnico "colaborou demais" no seu processo de amadurecimento como atleta profissional.

Alex pontuou sobre um dos episódios mais marcantes da relação dos dois no futebol: a sua ausência no pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira. Ele deixou claro que não possui qualquer ressentimento e afirma que se aquilo não tivesse acontecido, outras coisas boas não teriam acontecido em sua carreira.

+ Multicampeão, Felipão deixa uma sucessão de emoções como legado

Leia a mensagem na íntegra:

- Era um menino de 19 anos quando o conheci e fui comandado por ele por três anos no Palmeiras. Cresci muito sob o comando dele, aprendi situações que até aquele momento não tinha vivido e sob seu comando fui campeão quatro vezes e artilheiro de uma competição sul-americana. Ele colaborou demais no meu processo de aprendizagem e crescimento.

Depois, fomos adversários e nos enfrentamos em bons jogos. Ainda o tive como treinador na Seleção Brasileira. Tenho maravilhosas histórias sendo comandado por ele, outras nem tão felizes assim.

Quero deixar aqui meu agradecimento ao Felipão. Muitos acham que tenho raiva dele por ele ter feito escolhas em 2002 e eu não estar nelas. Ao contrário. Se estivesse em 2002 talvez não teria vivido um 2003 tão mágico no Cruzeiro e não teria a linda história que tenho no Fenerbahçe. Só tenho que agradecer ao que a bola me ofereceu.

Tenho gratidão por tudo que me ensinou e por todas as vezes que me puxou a orelha, incentivou-me em momentos delicados e ainda criticou-me para que eu melhorasse meu nível.

Parabéns pela carreira absurda que construiu. Muita sorte na sequência - escreveu Alex.

Nos longos 40 anos de carreira como treinador, Felipão acumulou dois títulos Brasileiros e da Libertadores, quatro conquistas da Copa do Brasil e o Penta com a Seleção em 2002. No total, o técnico histórico levou 27 troféus.

O treinador passou por 18 clubes e sete seleções nacionais - somando sete países diferentes. Sua missão de despedida foi colocar novamente o Athletico-PR na Copa Libertadores, competição em que foi vice-campeão nesta temporada.