Alesi vende Ferrari F40 para financiar temporada de filho na F2

Norman Fischer
motorsport.com

Apesar de ter seu filho, Giuliano, confirmado na temporada 2020 da F2 pela equipe HWA, Jean Alesi está incomodado. Ele criticou o alto custo de uma temporada em uma categoria de acesso à F1.

Para financiar o ano de seu filho, o francês teve que vender sua Ferrari F40, que ele havia contratualmente garantido como piloto da Ferrari na Fórmula 1 nos anos 1990.

Ferrari F40: Von so einem ähnlichen Modell muss sich Alesi trennen

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Ferrari F40: Von so einem ähnlichen Modell muss sich Alesi trennen <span class="copyright">Motorsport Images</span>
Ferrari F40: Von so einem ähnlichen Modell muss sich Alesi trennen Motorsport Images

Motorsport Images

Mas Alesi espera que esse "caos", como ele o chama, mude e que os pilotos tenham melhores oportunidades no futuro: "Eles investem muito não apenas financeiramente, mas também em suas vidas porque abandonam a escola ou a universidade, porque sonham em se tornar pilotos, e ninguém cuida deles."

O filho de Alesis, Giuliano, tem sorte de que, graças ao pai, ele tenha algumas portas abertas. Aliás, a venda de seu carro nunca foi um problema para ele: "Em nossa família, fazemos tudo com paixão. Entre ter uma Ferrari F40 na garagem ou ver meu filho correr, não há dúvida, prefiro que ele corra. Sou velho demais para ter uma F40, de qualquer maneira."

Giuliano Alesi faz parte da academia da Ferrari e entrará em sua segunda temporada de Fórmula 2 em 2020. O francês teve seu ano de maior sucesso em 2017, quando terminou em quinto lugar na GP3.

Engenheiro brasileiro de Raikkonen afirma: "Teria 8 títulos se corresse 20 anos antes"

PODCAST: A liderança de Hamilton pode transformá-lo em uma influência maior que Senna fora da F1?

Your browser does not support the audio element.

Leia também