Uefa confirma Alemanha e Turquia como candidatas a sediar Euro 2024

Alemanha e da Turquia tiveram oficializadas, nesta quarta-feira, suas candidaturas para sediar a Eurocopa de 2024. O secretário-geral da Uefa, Theodore Theodoridis, afirmou que a decisão final da sede da competição “vai ser difícil” e também garantiu que a entidade está “empenhada em um processo de eleição justo e transparente”.

A Alemanha, que recebeu a Copa do Mundo de 2006, já havia anunciado o seu interesse em concorrer para ser o país sede no dia 1 de março e o presidente da federação alemã, Reinhard Grindel, acredita que o país tem tudo para vencer a eleição.

Leia mais: Com jogos em 13 cidades, Uefa divulga logotipo da Eurocopa 2020

“Sediar a Euro será um projeto muito interessante para o futebol alemão. Nós já temos estádios e infraestrutura suficientes e já sabemos como fazer um evento sustentável economicamente”, disse Grindel.

Já a federação turca fez o anuncio um dia depois, com o presidente Yildirim Demioren destacando que nos últimos anos o país remodelou ou construiu 32 estádios, o que lhes dariam vantagem em termos de estrutura. O que pode pesar contra é o fato de a Turquia nunca ter organizado um grande torneio, apesar de ter concorrido para sediar a Eurocopa três vezes.

As federações nacionais tinham até 3 de março para entregar a candidatura. podendo apresentar os dossiês finais até 27 de abril do próximo ano. O Comitê Executivo anunciará a candidatura vencedora em setembro de 2018.

Alemanha e Turquia são as únicas concorrentes para sediar a competição, já que os países nórdicos – Dinamarca, Noruega, Suécia, Islândia, Finlândia e Ilhas Faroé – desistiram de se candidatarem.