Alemanha manterá Flick apesar de péssima campanha na Copa do Mundo

Técnico da seleção da Alemana, Hansi Flick, durante entrevista coletiva em Doha

DOHA (Reuters) - O técnico da Alemanha, Hansi Flick, permanecerá no cargo, anunciou a Federação Alemã de Futebol (DFB) em comunicado nesta quarta-feira, apesar do desempenho ruim de sua equipe na Copa do Mundo.

Flick e o diretor de seleções da DFB, Oliver Bierhoff, foram amplamente criticados após a segunda eliminação consecutiva da Alemanha na fase de grupos em uma Copa do Mundo.

Bierhoff concordou em deixar seu cargo dois anos antes do fim de seu contrato, mas Flick vai continuar.

"Estamos todos convencidos de que o Euro 2024 em nosso próprio país representa uma grande oportunidade para o futebol da Alemanha. Nosso objetivo é fazer deste torneio um sucesso esportivo. Temos plena confiança em Hansi Flick", disse o presidente da DFB, Bernd Neuendorf, em comunicado.

"Com relação ao sucessor de Oliver Bierhoff, concordamos que primeiro discutiremos a futura estrutura desta posição dentro da DFB e depois tomaremos uma decisão sobre a pessoa".

A Alemanha foi eliminada da Copa do Mundo do Catar após perder para o Japão, empatar com a Espanha e vencer a Costa Rica no Grupo E. Espanha e Japão avançaram no grupo.

Os alemães também caíram da Copa do Mundo de 2018 na fase de grupos -- na época, a saída mais precoce do país em um Mundial em 80 anos.

Eles não conseguiram passar das oitavas de final na Euro 2020 no ano passado.

(Reportagem de Shady Amir)