Alemanha está sob pressão após derrota para Japão, diz técnico

Técnico da seleção da Alemanha, Hansi Flick, durante partida contra o Japão pela Copa do Mundo do Catar

Por Manasi Pathak

DOHA (Reuters) - A Alemanha está sob pressão depois de sofrer uma derrota surpreendente por 2 x 1 para o Japão em sua estreia na Copa do Mundo do Catar, disse o técnico da seleção alemã, Hansi Flick, nesta quarta-feira.

O pênalti convertido por Ilkay Guendogan deu à Alemanha a vantagem no primeiro tempo, mas o Japão se recuperou no segundo tempo com gols dos substitutos Ritsu Doan e Takuma Asano.

Foi a primeira vitória do Japão sobre a Alemanha na história, com as equipes tendo se enfrentado duas vezes em amistosos internacionais antes do confronto da Copa do Mundo nesta quarta-feira.

A derrota foi o terceiro revés consecutivo da Alemanha na estreia de um torneio importante, depois de uma derrota para o México na Copa do Mundo de 2018, quando foram eliminados na primeira fase como campeões pela primeira vez em mais de 80 anos, e para a França na Euro 2020.

"Com esta derrota e zero pontos, estamos sob pressão, sem dúvida", disse Flick aos repórteres. "Só podemos nos culpar. É uma grande decepção."

"Estivemos no caminho certo na primeira etapa, tivemos 78% da posse de bola e estávamos a frente por 1 x 0. Depois tivemos boas oportunidades na segunda etapa que não aproveitamos", disse.

"O Japão foi simplesmente mais eficiente hoje. Cometemos erros que nunca deveríamos cometer, especialmente em uma Copa do Mundo, e essas são as coisas que precisamos melhorar."

(Reportagem de Manasi Pathak, reportagem adicional de Karolos Grohmann)