Alemanha é o terceiro país da UE a iniciar vacinação contra Covid-19

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
26 December 2020, Saxony-Anhalt, Halberstadt: Nursing home resident Edith Kwoizalla, who is 101 years old, was the first to be vaccinated against Corona on Saturday before the official start of vaccination in Germany. IIn the district of Harz in a senior care facility in Halberstadt (Seniorenzentrum Krüger) the first residents as well as the nursing staff were vaccinated with the Covid-19 vaccine from Pfizer-Biontech. The physician Dr. Bernhard Ellendt (right) performed the vaccination. Photo: Matthias Bein/dpa-Zentralbild/dpa (Photo by Matthias Bein/picture alliance via Getty Images)
Edith Kwoizalla, de 101 anos, foi a primeira a ser vacinada contra o coronavírus no sábado, antes do início oficial da vacinação na Alemanha. (Foto de Matthias Bein / Imagem Aliança via Getty Images)

Uma mulher de 101 anos se tornou a primeira alemã a receber uma vacina contra o novo coronavírus no sábado, um dia antes do início oficial da campanha de vacinação do país, informou a emissora local MDR.

A mulher, de Halberstadt, na serra do Harz, identificada como Edith Kwoizalla, mora em um asilo para idosos, onde 40 residentes e 11 funcionários foram vacinados com a primeira dose do imunizante desenvolvido pela Pfizer em parceria com a BioNTech.

Hungria e Eslováquia também começaram suas campanhas de vacinação neste sábado, furando o planejamento da União Européia de iniciar a aplicação das doses em todo o bloco no domingo.

O ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, disse neste sábado que caminhões estavam a caminho para entregar a vacina em asilos, que são os primeiros na fila para receber a vacina. O governo federal está planejando distribuir mais de 1,3 milhão de doses de vacinas para as autoridades de saúde locais até o final deste ano e cerca de 700 mil por semana a partir de janeiro.

— Pode haver alguns soluços em um ponto ou outro no início, mas isso é normal quando um processo logisticamente complexo começa — disse Spahn.

A Alemanha, com uma população de 83 milhões, construiu mais de 400 centros de vacinação, incluindo locais como os antigos aeroportos Tegel e Tempelhof de Berlim e o salão de feiras de Hamburgo.

A vacinação será gratuita e disponível para todos a partir de meados de 2021, quando se espera que os grupos prioritários tenham concluído as campanhas de vacinação. Não há obrigação de ser vacinado.

O número de casos confirmados de Covid-19 na Alemanha neste sábado foi de 14.455, totalizando 1.627.103, de acordo com dados do Instituto Robert Koch para doenças infecciosas. Mais de 29 mil pessoas morreram no total.