Alcaraz vence Djokovic e vai à final do torneio de Madri

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O jovem espanhol Carlos Alcaraz comemora sua vitória sobre o sérvio Novak Djokovic na semifinal do Masters 1000 em Madri no sábado, 7 de maio de 2022 (AFP/GABRIEL BOUYS) (GABRIEL BOUYS)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O jovem Carlos Alcaraz, nono no ranking da ATP, se classificou para a final do Masters 1000 de Madri ao vencer o número 1 do mundo, Novak Djokovic, com parciais de 6-7 (5/7), 7-5 e 7-6 (7/5) neste sábado, em um jogo longo e emocionante.

Alcaraz, que havia vencido Rafael Nadal na sexta-feira pelas quartas de final, enfrentará na final deste domingo o vencedor da última partida do dia, a outra semifinal, entre o grego Stefanos Tsitsipas e o alemão Alexander Zverev, atual campeão do torneio de Madri.

O jovem de Múrcia, que garantiu subir do nono para o sexto lugar no ranking mundial na próxima segunda-feira, se torna o primeiro tenista a vencer consecutivamente Nadal e Djokovic no saibro.

"Foi um jogo para desfrutar, apesar da tensão de ser uma semifinal do torneio. Desfrutei até o último ponto", disse Alcaraz após vencer o número 1 do mundo.

Alcaraz continua assim na disputa para tentar vencer o seu primeiro troféu no torneio de Madri, que se somaria aos conquistados nesta temporada em Barcelona, Miami e Rio de Janeiro.

O jovem tenista, que completou 19 anos esta semana, trabalhou duro por 3 horas e 35 minutos para vencer Djokovic.

A partida começou bem para Alcaraz que quebrou o serviço de Djokovic desde o início e assim seguiu em vantagem.

O espanhol mais uma vez mostrou seu jogo explosivo e causou danos com suas deixadinhas, mas 'Nole' subiu de nível e quebrou o saque de Alcaraz fazendo 5-5.

Djokovic, muito confiante com seu saque, levou o primeiro set para o tie-break, que o sérvio fechou com seu quarto set point.

A segunda parcial foi muito equilibrada com os dois tenistas defendendo seu saque.

Alcaraz salvou um break point no décimo primeiro game para abrir 6-5 e no game seguinte quebrou o saque de Djokovic com um espetacular contra-deixada para levar a partida para o terceiro set.

Essa terceira parcial foi mais um duelo de igual para igual, sem que nenhum dos dois cedesse o saque.

Com o placar em 5 a 4, Djokovic salvou um match point de Alcaraz para alcançar um empate que iria até o tie-break, onde o espanhol mostrou sua melhor versão e garantiu sua sexta vitória consecutiva contra um tenista do Top-10.

"Eu o parabenizo. Ele manteve os nervos muito bem", disse Djokovic em coletiva de imprensa após o jogo na Caja Mágica, em Madri.

"Para alguém da idade dele jogar com tanta maturidade e coragem é impressionante. Ele mereceu vencer", disse o número 1 do mundo.

gr/dr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos