Alcaraz recebe o troféu de Nº 1 do ano: 'Significa muito para mim'

Nitto ATP Finals


Fora do ATP World Finals por conta de lesão, Carlos Alcaraz foi a Turim, na Itália, nesta quarta-feira, e recebeu o troféu como campeão da temporada, ou seja, número 1 ao término do ano.

Ele se tornou, aos 19 anos, o mais jovem da história a fechar a temporada na frente do ranking.

"Significa muito para mim", disse Alcaraz. "Receber este troféu, o número 1 do mundo, fazer parte da história do tênis junto com muitas lendas, para mim é uma sensação incrível", disse o atleta que se recupera de lesão no abdômen.

“Estou um pouco desapontado por não poder jogar aqui no ATP Finals. Eu realmente queria jogar aqui. Esse tipo de coisa pode acontecer na vida do tênis. Mas… ao mesmo tempo, estou muito grato por erguer este troféu incrível. É uma conquista incrível. Todo o trabalho duro compensa. Para mim é incrível levantar este troféu hoje."

Alcaraz está totalmente focado na reabilitação para estar em sua melhor forma no início da temporada de 2023. O número 1 do mundo no final do ano fez uma atualização positiva sobre seu status na quarta-feira.

“(Minha recuperação está) indo muito bem. Está indo muito rápido também. Estou muito focado em me recuperar o mais rápido possível. Mas posso dizer que em uma semana melhoramos muito na lesão. Vou dizer no início da temporada, estarei pronto, estarei 100 por cento.”

“Nas primeiras semanas após a lesão, é muito importante não parar. Foi o que fiz na semana e meia que passei, foi com muito exercício.”

O vencedor dos títulos do US Open deste ano e do ATP Masters 1000 em Miami e Madri está aproveitando as férias “para desconectar um pouco, para descansar”. Mas em breve ele voltará suas atenções para a pré-temporada.

“Claro que eu estava assistindo as partidas, não todas, mas muitas. Eu assisto de casa. Quer dizer, eu sempre quero assistir grandes jogos, de grande nível. Então, com esses jogadores aqui, é 100 por cento. Aqui na partida, grandes golpes, grandes ralis. Adoro assistir a este tipo de partidas. Claro, tendo o Rafa aqui, torço por ele. Torço pelos jogadores espanhóis. Mas torço por um ótimo tênis.”