Alcaraz lidera a lista do Rio Open com quatro brasileiros

(Foto: (Divulgação/Fotojump)


A ATP divulgou nesta terça-feira a lista completa de jogadores que disputarão a chave principal de simples do Rio Open. Carlos Alcaraz, o número 1 do mundo, Cameron Norrie, Lorenzo Musetti, Diego Schwartzman e Dominic Thiem lideram a lista da nona edição do ATP 500 brasileiro, que será disputado entre os dias 18 a 26 de fevereiro no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro.

Puxando a lista, Alcaraz disputará a sua terceira edição do Rio Open. Em 2020, o espanhol fez a sua estreia no torneio quando figurava na 406ª colocação e era apontado como uma das futuras promessas do tênis. Foi no Rio Open que o tenista jogou a sua primeira chave principal de ATP e também conquistou a sua primeira vitória em torneios ATP. No ano passado voltou ao Rio, como 29o. do ranking e conquistou o título da competição, o maior da sua carreira até então e se tornando o jogador mais jovem a vencer um ATP 500. Hoje, Alcaraz é número 1 do mundo e campeão do US Open com apenas 19 anos.

Novidade no Rio Open, Lorenzo Musetti disputará um torneio no Brasil pela primeira vez. Atual número 19º do mundo, o jovem de 20 anos vem chamando a atenção no circuito como parte do NextGen, já tendo conquistado os títulos do ATP 500 de Hamburgo e o ATP 250 de Napoli. Quem também jogará é o dono de quatro títulos do nível ATP e atual 12º do ranking, Cameron Norrie. O britânico teve um 2022 marcado pela conquista dos troféus de Delray Beach e Lyon, uma semifinal em Wimbledon e a entrada no top 10 pela primeira vez em sua carreira, além de vir de uma final em Auckland neste ano.

Outros três campeões do Rio Open irão em busca do bicampeonato no ATP 500 carioca: Diego Schwartzman, campeão de 2018, vice em 2022 e vindo disputar o seu oitavo Rio Open, é o atual 26º na ATP, dono de 4 títulos no circuito e ex-número 8 do mundo; Dominic Thiem, campeão de 2017, ex-número 3 do mundo e campeão do US Open em 2020 vem em busca de seu 18º título da carreira; e o sérvio Laslo Djere, que emocionou as quadras do Rio Open com o seu título em 2019 e ocupa a 68ª posição do ranking atualmente.

Esta edição também marca a primeira vez desde 2017 que o Rio Open contará com quatro brasileiros na chave principal. Os três convites ficaram com Mateus Alves, o vencedor da Maria Esther Bueno Cup, Thomaz Bellucci, que fará a sua despedida do tênis profissional no Jockey Club Brasileiro, e o jovem João Fonseca, premiado com uma vaga no Rio Open através da parceria com a IMG, além de Thiago Monteiro, 77º do mundo, ter garantido o seu lugar através da entrada direta.

“Esse ano tem tudo pra ser uma edição única com momentos de grande emoção. Será a primeira vez com a presença de um No.1 do mundo desde o Nadal em 2014. Teremos um recorde de brasileiros na chave com a despedida do Bellucci, a estreia do Joao Fonseca em torneios ATP alem do Thiago Monteiro, Mateus Alves, Rafael Matos, Marcelo Melo, Marcelo Demoliner e outros a serem convidados. E ainda teremos em quadra os campeões das últimas cinco edições do Rio Open e grande especialistas de saibro com o Thiem, Schwartzman, Djere, Garin e Alcaraz. Tem tudo pra ser mais um Rio Open de arrepiar,” disse Luiz Carvalho, Diretor do Torneio.

A chave de simples do Rio Open 2022 contará com 32 vagas, sendo 23 classificações diretas através do ranking dos tenistas. Os três convites disponíveis já foram distribuídos, com mais um reservado para solicitação de tenistas da lista A+ da ATP. Outros quatro virão do qualifying, que será disputado nos dias 18 e 19 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro. Uma vaga faz parte do special exempt, reservado para tenistas que não puderem disputar o qualifying por estarem em ação em outro torneio. Caso não precisem ser usadas, as vagas do special exempt e do convite da lista A+ virarão vagas para classificação direta.

Veja a lista de inscritos no Rio Open:
Carlos Alcaraz (ESP) - 1º
Dominic Thiem (AUT) - 6º (ranking protegido)
Cameron Norrie (GBR) - 12º
Lorenzo Musetti (ITA) - 19º
Diego Schwartzman (ARG) - 26º
Francisco Cerundolo (ARG) - 29º
Albert Ramos-Vinolas (ESP) - 37º
Sebastian Baez (ARG) - 44º
Alex Molcan (SVK) - 53º
Fabio Fognini (ITA) - 57º
Pedro Cachin (ARG) - 58º
Pedro Martinez (ESP) - 60º
Jaume Munar (ESP) - 64º
Laslo Djere (SRB) - 68º
Daniel Elahi Galan (COL) - 70º
Bernabe Zapata Miralles (ESP) - 72º
Hugo Dellien (BOL) - 73º (ranking protegido)
Roberto Carballes Baena (ESP) - 75º
Guido Pella (ARG) - 75º (ranking protegido)
Federico Coria (ARG) - 76º
Thiago Monteiro (BRA) - 77º
Tomas Martin Etcheverry (ARG) - 79º
João Sousa (POR) - 81º

WC - Mateus Alves (BRA)
WC - Thomaz Bellucci (BRA)
WC - João Fonseca (BRA)

Alternates
Dusan Lajovic (SRB) - 86º
Cristian Garin (CHI) - 87º
Facundo Bagnis (ARG) - 91º
Marco Cecchinato (ITA) - 93º