Alcaraz e Djokovic vão às quartas do Masters 1000 de Paris; Ruud é eliminado

O tenista espanhol Carlos Alcaraz, número 1 do mundo, se classificou nesta quinta-feira às quartas de final do Masters 1000 de Paris ao derrotar o búlgaro Grigor Dimitrov.

Alcaraz fechou o jogo em 2 sets a 0, com parciais de 6-1 e 6-3, em apenas uma hora e 11 minutos.

Na estreia, na quarta-feira, o espanhol só tinha precisado de uma hora e 15 minutos para derrotar o japonês Yoshihito Sishioka.

Contra Dimitrov, Alcaraz sofreu uma quebra no segundo set que permitiu ao búlgaro sair de um 3-1 para empatar em 3-3. Em vão.

Além disso, o número 1 do mundo cometeu apenas seis erros não forçados, contra 24 de Dimitrov, e conseguiu 16 'winners' durante a partida.

"Não foi o seu dia, ele não jogou em seu melhor nível, mas eu joguei meu jogo", resumiu o espanhol.

Com Rafael Nadal derrotado na quarta-feira, Alcaraz tem a chance de terminar o ano como líder do ranking da ATP se for campeão em Paris.

Desde seu título no US Open, seu melhor resultado foi uma semifinal no ATP 500 da Basileia, na semana passada.

Quem também chegou às quartas de final em Paris foi o sérvio Novak Djokovic, que venceu por 2 sets a 0 (6-4 e 6-1) o russo Karen Khachanov, que o tinha derrotado na final deste torneio em 2018.

Desde então, Djokovic bateu Kachanov em seus sete confrontos.

Mais cedo, o norueguês Casper Ruud, número 3 do mundo, foi foi eliminado nas oitavas do Masters 1000 de Paris pelo italiano Lorenzo Musetti por 2 sets a 1 (4-6, 6-4 e 6-4).

Com problemas nos adutores desde o final do segundo set, Ruud acabou derrotado em duas horas e 10 minutos de jogo.

O norueguês de 23 anos, finalista em Roland Garros e no US Open em 2022, estará em Turim para o ATP Finals (13 e 20 de novembro).

Para Musetti, de 20 anos, a vitória contra Ruud é a primeira em sua carreira contra um tenista do Top 5.

bds/iga/cb