Alberto Valentim testa novo esquema tático em treino do Botafogo

Sergio Santana
LANCE!
Treinador minimizou derrota alvinegra em teste (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
Treinador minimizou derrota alvinegra em teste (Foto: Vitor Silva/Botafogo)


Uma novidade marcou o treino do Botafogo nesta terça-feira. Com folga na parte da manhã, os jogadores do Alvinegro foram ao centro de treinamento do hotel-fazenda China Park, na região serrana do Espírito Santo, pela tarde. Alberto Valentim começa, aos poucos, a testar uma nova formação tática que pode ser utilizada no começo da temporada.

Mesmo que não seja possível prever titulares e reservas nestes primeiros dias de pré-temporada, o treinador havia mantido um padrão em todos os times que havia colocado em campo nas atividades até então: as equipes eram moldadas no 4-1-4-1, com um volante à frente dos zagueiros e dois meio-campistas mais à frente, formando um tripé no setor.

Nesta terça-feira, um novo esquema foi testado. Valentim testou dois dos times que foram colocados em uma atividade em campo reduzido no 4-2-3-1. Dois volantes lado a lado e um meia, mais avançado, com uma responsabilidade defensiva menor do que a dos outros dois. O padrão ofensivo dos times, portanto, teve os atletas abertos pelos lados do campo - um em cada flanco - e um centroavante centralizado.

Depois do aquecimento, Alberto Valentim colocou uma atividade inédita na pré-temporada até aqui: era um coletivo, mas havia uma linha na grande área. Se o time que estava atacando passasse deste espaço, a equipe que estava defendendo parava e apenas um zagueiro se endereçava à área, enquanto três atletas do time que buscava o gol apareciam na área, em uma situação 3 x 1.





Nestes casos, o objetivo de Alberto Valentim era treinar o cruzamento de um jogador quando ele estiver livre na linha de fundo, mas a defesa adversária estiver ocupando a área. Além disto, também serviu para os atletas que recebiam a bola na área dominarem a bola e finalizar em um curto espaço de tempo, já que não eram permitido toques entre os jogadores neste setor.

Os times do coletivo:
Time 1:
Gatito Fernández; Fernandes, Sousa, Kanu, Lucas Barros; Luiz Otávio, Caio Alexandre, Gustavo Bochecha; Lucas Campos, Vinícius Tanque, Igor Cássio.

Time 2: Diego Cavalieri; Fernando, Marcelo Benevenuto, Ruan Renato, Hugo; Alex Santana, João Paulo, Leandrinho; Lecaros, Rafael Navarro, Luís Henrique.

Time 3: Saulo; Wenderson, Carli, Wesley, Guilherme Santos; Cícero, Thiaguinho, Bruno Nazário; Rhuan, Pedro Raúl, Luiz Fernando.

Mais uma vez, Fernandes, atuando de lateral-direito, foi um dos destaques da tarde. Mesmo em uma posição diferente, o meio-campista de origem parece ter se adaptado. O atleta de 24 anos foi opção recorrente no campo de ataque e apareceu até em diagonal. No fim da atividade, foi elogiado por Valentim.

Marcelo Benevenuto foi outro protagonista da atividade. Além de ter participado ativamente de um lance que resultou em um gol de Luís Henrique através um lançamento desde o campo de defesa, o zagueiro mostrou bom posicionamento para limpar as jogadas.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também