Alberto Valentim não teme pela chuva: 'Não vamos ter problemas'

Valentim já usou a maioria dos seus atletas, ainda aproveitou muitos jogadores da base (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Conhecendo o elenco: clubes cariocas começam rodar os times

Valentim já usou a maioria dos seus atletas, ainda aproveitou muitos jogadores da base (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)


A forte chuva que promete chegar ao Rio de Janeiro se tornou uma das protagonistas da partida entre Vasco e Resende, pela semifinal da Taça Guanabara, confirmada para esta quarta-feira, às 21h30. Alberto Valentim, treinador do Cruz-Maltino, afirmou em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira no CT do Almirante, que preza pelo gramado do Maracanã, palco do jogo.

- Tomara que, se houver essa chuva, não atrapalhe o estado do gramado, aquilo que a gente entende de ter um bom jogo para quem assistir. É uma pena. Se tratando de Maracanã, 14 mil é um público pequeno - afirmou.

Alberto Valentim confia na decisão da FERJ - apesar da recomendação da federação para que os torcedores não compareçam na estádio - de manter o jogo e afirma que, se fosse torcedor, iria para o Maracanã.

- Sinceramente, se já decidiram que o jogo vai acontecer, é porque não vamos ter problemas em relação a segurança para as pessoas ao redor. Eu iria. Se vai ter o jogo, é porque de uma forma ou outra vai ter condições para que você chegue com segurança e depois volte para casa - contou.

A partida ficou perto de ser adiada pela segunda vez. Inicialmente, ela seria disputada no domingo, mas, por respeito ao incêndio no CT Ninho do Urubu, foi remarcada para quarta-feira. O treinador destacou seu desejo de não ter outra mudança da data, mas zela pelos torcedores.

- A gente fica torcendo para que as condições sejam ótimas para que o torcedor assista ao jogo. Ficar adiando o jogo a gente não quer, mas a gente também não quer que ninguém corra risco de ficar preso, ilhado. Que todo mundo consiga chegar - desejou.

O treinador, que vem realizando um rodízio do elenco nesse começo de ano, ainda não decidiu a equipe que vai começar a partida contra o Resende, mas afirma que possui uma ideia na cabeça.

- Eu misturo muito os jogadores durante a semana. Tenho um time na cabeça. Vamos fazer o treino final hoje. A ideia é ir com um time forte, descansado, para fazer um grande jogo - declarou.

A expectativa fica para que Rossi seja relacionado pela primeira vez. O atacante, recém-contratado, está participando normalmente dos treinamentos e vive a expectativa de estrear pelo Vasco.

- A relação (de jogadores) vai sair depois do último treino. Todos vêm com material de concentração. Depois do treino passo aquilo que vi do treino, se não tivermos problemas médicos. Depois do apito final do treino, vou decidir os convocados - completou.

















Veja outros assuntos abordados por Valentim:

Situação dos lesionados
- Fellipe Bastos está treinando muito bem. Bruno Silva também, está vindo de lesão. Bruno está treinando normalmente, faz duas semanas que está com a gente. Está em processo de recuperar bem a forma física, às vezes treina separado

Situação do CT do Almirante
- Aqui não tem risco nenhum, porque não tem alojamento. Aqui nos oferece muito. Presidente tem procurado cada dia. Vejo essa melhora. A gente não tem esse tipo de problema. Espero que os outros times também não tenham

Resende
- Time muito difícil. Melhor time, tirando os quatro grandes. Vimos bastante do Resende. Colocou o Botafogo e o Flamengo em dificuldade. Todo mundo já sabe. Tivemos conversa rápida ontem








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também