Alan Santos já sonha com título do Coxa conquistado em Atletiba

Com a semana cheia para trabalhar pensando apenas no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paranaense 2017, diante do Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, o Coritiba aproveita para acertar detalhes antes da definição do time. Porém, mesmo entre profissionais, além do foco nos treinamentos a cabeça já projeta a conquista de um título. É o caso volante Alan Santos, que quer entrar para a história do Coxa.

“Eu sonho o tempo todo, fico ansioso para chegar logo o segundo jogo porque eu quero marcar na história do clube. E a gente só marca no clube quando tem títulos”, avaliou o jogador, que quer deixar seu nome registrado nas paredes do clube. “Daqui 15 anos, outros jogadores vão passar, como a gente passa, pelos corredores do Couto e ver as fotos dos campeões. E eu quero marcar minha história aqui. Não quero só passar por aqui”, acrescentou.

O volante destacou a importância de entrar em campo concentrado, mas deixou a estratégia de jogo como assunto par ao técnico Pachequinho. “Vamos trabalhar essa semana, o Pacheco deve ter uma estratégia em mente. Mas clássico é decidido em detalhes. E, além de clássico, é uma decisão. Nós jogadores estaremos concentrados, bem espertos para o jogo”, garantiu.

Mais do que uma final o, o jogo colocará frente a frente dois dos maiores rivais do futebol nacional, ma Alan Santos não deixou de lamentar que o jogo decida uma competição manchada por muita desorganização. “Clássico sempre tem um gosto especial. E é um dos maiores clássicos do Brasil, o Atletiba. É sempre bom jogar um clássico. Embora o campeonato, pela desorganização, não merecia um clássico na final”, concluiu.