Alan e Veron agradecem ao apoio de Dudu agora no profissional do Verdão

Veron e Alan Guimarães durante a entrevista desta quarta-feira, na Academia de Futebol (Foto: Thiago Ferri)
Veron e Alan Guimarães durante a entrevista desta quarta-feira, na Academia de Futebol (Foto: Thiago Ferri)


Dois dos jogadores mais técnicos das categorias de base do Palmeiras, Alan e Veron foram os entrevistados do Palmeiras nesta quarta-feira. Tanto o meia quanto o atacante agradeceram ao ídolo Dudu pela recepção nestes primeiros dias de elenco profissional.

- Eu tenho tanto ele quanto o Gabriel Jesus como ídolos no Palmeiras, e o Dudu é muito humilde, uma pessoa que sempre nos dá conselhos durante os treinos e no dia a dia - afirmou Alan.

- O Dudu é um ídolo porque não tem medo de nada em campo. Ele me recebeu muito bem e tem me ajudado muito - acrescentou Veron.

Alan disputará posição com Lucas Lima, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa, enquanto Veron é uma das opções de beirada, junto de Dudu, Willian, Angulo e Wesley. Ainda que mais novo, o atacante de 17 anos de idade já atuou no profissional e tem dois gols em três partidas. Até por isso, o assédio cresceu.

- O que eu mais fazia era sair nas ruas com meus amigos, agora não dá mais. Foi o que mais mudou. Aconteceu tudo muito rápido, é um sonho, mas trabalhei muito para acontecer. Foi tudo rápido na minha vida, Deus me proporcionou isso e vai continuar abençoando e dando oportunidades - completou.

Já o armador, aos 19 anos, aguarda a primeira oportunidade. Desde os 14 na base do Palmeiras, é visto como um atleta de grande potencial, mas que é sempre questionado pela baixa estatura - 1,65m. Segundo ele, isto nunca foi um problema na sua carreira.

- A altura nunca me atrapalhou, sempre me fez ser um jogador melhor. Mesmo sendo um jogador baixo, isto ajudou para sair de marcações - analisou.

- Minha qualidade é o passe, sou um jogador de assistências, de controlar o jogo com posse - acrescentou.















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também