Al-Sadd se compromete a manter Xavi apesar de interesse do Barcelona

·1 min de leitura
Técnico Xavi durante parte do Al-Sadd

(Reuters) - O Al-Sadd não está disposto a deixar o técnico Xavi Hernández sair, apesar do interesse do Barcelona, disse nesta quarta-feira o CEO do clube do Catar, Turki Al-Ali.

Os dirigentes do Barcelona Rafa Yuste e Mateu Alemany viajaram para Doha na terça-feira para tentar negociar a liberação de Xavi do Al-Sadd, e se encontraram com os agentes do ex-meio-campista e ídolo do clube catalão nesta quarta-feira.

O Barcelona está procurando um substituto para o holandês Ronald Koeman, que foi demitido na semana passada após um início ruim de temporada.

"Apreciamos e respeitamos a visita da delegação administrativa do Barcelona", disse Al-Ali em comunicado publicado na conta oficial do Al-Sadd no Twitter.

"A posição do clube é clara desde o início -- estamos comprometidos em manter nosso treinador Xavi conosco e não podemos permitir que ele saia nesta época sensível da temporada".

A mídia espanhola informou que Xavi, que teve uma carreira ilustre no Barcelona como jogador de 1998 a 2015, tem uma cláusula de liberação de 10 milhões de euros.

O Barcelona demitiu Koeman após um início de temporada sombrio. O clube, que é apenas o nono na liga espanhola, está atualmente sob o comando do treinador interino Sergi Barjuan.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos