Al-Hilal pode oferecer bolada por Bruno Henrique, do Flamengo

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

Em meio às recentes eliminações na Copa do Brasil e na Conmebol Libertadores e fase conturbada no Campeonato Brasileiro, no qual saiu do G-4 e tem poucas chances de título, o Flamengo ganhou mais uma dor de cabeça. Segundo informações do portal árabe Albilad Daily, o Al-Hilal, da Arábia Saudita, estuda apresentar uma proposta pomposa por Bruno Henrique na próxima janela de transferência do país.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Conforme o veículo, o Al-Hilal de Gustavo Cuéllar, ex-volante do Mais Querido, pensa em enviar ao Rubro-Negro uma oferta de 10 milhões de euros (R$ 63,9 milhões, na cotação atual) pelo camisa 27. Em sua publicação, o tabloide informa ainda que os árabes passaram a monitorar o atacante após o nível apresentado por ele na semifinal do Mundial de Clubes de 2019 – quando o Flamengo bateu o Al-Hilal.

Leia também:

Bruno Henrique chamou atenção do Al-Hilal no Mundial de Clubes da FIFA de 2019. | Eurasia Sport Images/Getty Images
Bruno Henrique chamou atenção do Al-Hilal no Mundial de Clubes da FIFA de 2019. | Eurasia Sport Images/Getty Images

Até o momento, o Rubro-Negro alega não ter recebido nenhuma proposta por Bruno Henrique, segundo informações do Lance!. Vale lembrar que o clube carioca já transpareceu em outras oportunidades, sobretudo quando o Benfica de Jorge Jesus rondou o atacante no ano passado, que não pretende negociar o atleta e que ele não vai sair do Rio de Janeiro por 10 milhões de euros.

Contratado no início de 2019, Bruno Henrique é uma das principais estrelas do Flamengo. Aos 30 anos, o atacante tem 106 partidas, 53 gols e seis títulos – incluindo um Campeonato Brasileiro e uma Conmebol Libertadores – com a camisa do clube. O seu contrato vai até o final de 2023 e tem uma multa rescisória de 35 milhões de euros (cerca de R$ 214 milhões).

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos