Al Hilal ou Wydad Casablanca: conheça os possíveis adversários do Flamengo no Mundial de Clubes


O sorteio realizado pela Fifa nesta sexta-feira definiu os confrontos da edição 2022 do Mundial de Clubes. Nas quartas de final, Al Hilal (Arábia Saudita) e Wydad Casablanca (Marrocos) se enfrentam e quem vencer encara o Flamengo na semifinal da competição. Do outro lado da chave, o Real Madrid duela contra o vencedor de Seattle Sounders (EUA) e quem passar da primeira partida, disputada entre Al-Ahly (Egito) e Auckland City (Nova Zelândia).

O LANCE! apresenta um pouco mais dos dois times que podem estar no caminho do Flamengo, que busca repetir o feito de 1981 e conquistar o segundo título mundial de sua história.

'VELHO CONHECIDO' E ELENCO ESTRELADO

O Al Hilal soma participações recentes no Mundial de Clubes e é um velho conhecido da torcida rubro-negra. Na edição de 2019, os árabes cruzaram o caminho do Flamengo na semifinal e não foram páreos para os comandados de Jorge Jesus, que venceram o jogo por 3 a 1. Representante da AFC (confederação asiática) e 18 vezes campeão nacional, a equipe disputa o Mundial pelo terceiro ano seguido.

Flamengo x Al Hilal - Everton Ribeiro
Flamengo x Al Hilal - Everton Ribeiro

Flamengo e Al Hilal em 2019 (Foto: KARIM JAAFAR / AFP)

O atacante Michael, que vestiu as cores do Flamengo entre 2020 e 2021, atua no Al Hilal desde o início de 2022. Pelo clube árabe, soma seis gols e seis assistências em 31 partidas disputadas. Outro ex-jogador do Rubro-Negro na equipe saudita é o volante colombiano Gustavo Cuellar, que defende o clube desde 2019.

+ Flamengo se antecipa e já tem substituto no elenco para a iminente saída de João Gomes

Além de Michael, o Al Hilal contra com outros jogadores importantes. Dentre eles, Salem Al-Dasawari, que anotou um belo gol contra a Argentina na Copa do Mundo do Qatar, o brasileiro Matheus Pereira (que esteve na mira do Botafogo em 2022), o malinês Moussa Marega, ex-Porto, o peruano André Carrillo, ex-Benfica, e o nigeriano Odion Ighalo, ex-Manchester United.

+ Caminho do Flamengo definido: Fifa sorteia o chaveamento do Mundial de Clubes

DONOS DA CASA

O Wydad Casablanca disputa o Mundial de Clubes pela segunda vez em sua história, desta vez representando o país-sede, o Marrocos. Maior campeão de seu país, com 22 conquistas, o Wydad é o atual detentor do título da Liga dos Campeões africana e tem como um dos destaques de seu elenco o lateral-esquerdo Attiyat Allah, que foi titular da seleção marroquina na campanha histórica na Copa do Mundo do Qatar, chegando até a semifinal.